SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 número3Trabalho educativo do enfermeiro na Estratégia Saúde da Família: dificuldades e perspectivas de mudançasNotas cartográficas do trabalho na Estratégia Saúde da Família: relações entre trabalhadores e população índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista da Escola de Enfermagem da USP

versão impressa ISSN 0080-6234

Resumo

GRAZIANO, Ana Paula  e  EGRY, Emiko Yoshikawa. Micropolítica do trabalho dos profissionais de saúde na UBS: visão sobre necessidades de saúde das famílias. Rev. esc. enferm. USP [online]. 2012, vol.46, n.3, pp. 650-656. ISSN 0080-6234.  http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342012000300017.

Este estudo teve como objetivo compreender as potencialidades e limitações do processo de trabalho da enfermagem de uma Unidade Básica de Saúde para o reconhecimento das necessidades de saúde da população. A vertente metodológica utilizada foi a pesquisa social, na perspectiva qualitativa, tendo como base de análise dos discursos a hermêutica-dialética, e como alicerce a Teoria da Interpretação Práxica da Enfermagem em Saúde Coletiva. Os dados foram coletados por meio da entrevista semiestruturada e os processos de trabalho das equipes foram analisados através do Fluxograma Analisador do Modelo de Atenção de um Serviço de Saúde. Concluiu-se que há limitações no cotidiano do processo de trabalho da equipe de enfermagem à medida em que o reconhecimento e enfrentamento das necessidades de saúde perpassavam pela identificação de agravos instalados, deixando em segundo plano os determinantes sociais das más condições de vida associadas ao processo saúde-doença.

Palavras-chave : Necessidades e demandas de serviços de saúde; Saúde da família; Enfermagem em saúde comunitária; Enfermagem em saúde pública.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português | Inglês     · pdf em Português | Inglês