SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 issue3Bipolar affective disorder: pharmacotherapeutic profile and adherence to medicationAids and tuberculosis: coinfection from the perspective of the quality of life of patients author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Escola de Enfermagem da USP

Print version ISSN 0080-6234

Abstract

MUSSI, Thaís Virgínia Felício; TRALDI, Maria Cristina  and  TALARICO, Juliana Nery de Souza. O conhecimento como fator de vulnerabilidade à tuberculose entre alunos de graduação e profissionais de enfermagem. Rev. esc. enferm. USP [online]. 2012, vol.46, n.3, pp. 696-703. ISSN 0080-6234.  http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342012000300023.

Este estudo intencionou identificar a vulnerabilidade à tuberculose (TB) relacionada à detenção de conhecimento sobre a doença, entre 76 alunos de graduação e profissionais de enfermagem. Trata-se de um estudo quantitativo-descritivo cujos dados foram coletados por meio de um questionário fechado acerca da transmissibilidade, formas de prevenção e medidas de biossegurança, diagnóstico e preconceitos sobre a doença. Os dados foram analisados por meio do software SAS versão 9.1.3, com nível de significância de 5% (p < 0.05). Foi evidenciada a vulnerabilidade à TB entre alunos e profissionais relacionada ao conhecimento atinente à transmissibilidade, formas de prevenção e medidas de biossegurança e diagnóstico. No tocante à transmissibilidade, observou-se maior vulnerabilidade entre os profissionais. Os resultados revelam necessidade de investimento em tal questão por parte de instituições médico-assistenciais, considerando o papel desempenhado pela enfermagem nas estratégias de prevenção e controle da doença.

Keywords : Tuberculose; Vulnerabilidade; Enfermagem; Prevenção de doenças transmissíveis.

        · abstract in English | Spanish     · text in English     · pdf in English