SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 número3Conhecimento, atitude e prática do uso de preservativos por presidiárias: prevenção das DST/HIV no cenário prisionalO processo de construção do perfil de competências gerenciais para enfermeiros coordenadores de área hospitalar índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista da Escola de Enfermagem da USP

versão impressa ISSN 0080-6234

Resumo

FREITAS, Julyana Gomes de et al. Enfrentamentos experienciados por homens que vivem com HIV/Aids no ambiente de trabalho. Rev. esc. enferm. USP [online]. 2012, vol.46, n.3, pp. 720-726. ISSN 0080-6234.  http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342012000300026.

Objetivou-se apreender situações de enfrentamento experienciadas por homens que vivem com HIV/aids no ambiente de trabalho. Estudo qualitativo realizado em ambulatório especializado em Fortaleza-Ceará, de março a junho de 2010, com onze homens infectados pelo vírus. Utilizou-se entrevista semiestruturada, audiogravada, sendo os depoimentos categorizados mediante análise de conteúdo, cujas categorias foram: Afastamento do trabalho em virtude da infecção; Subterfúgios para omissão da doença; Desrespeito ao sigilo no ambiente de trabalho; Sofrimento associado ao medo da rejeição e do preconceito; Formas de enfrentamento após o diagnóstico da doença e a importância do trabalho para a realização pessoal. Concluiu-se que os homens infectados pelo HIV enfrentam situações contraproducentes no ambiente de trabalho, evidenciadas principalmente pelo temor da descoberta da infecção e pelo preconceito. Associadas ao enfrentamento, as ausências para o acompanhamento em saúde interferiram no desempenho do trabalho que implicariam no risco de perda do emprego.

Palavras-chave : Homens; HIV; Síndrome de Imunodeficiência Adquirida; Ambiente de trabalho; Preconceito; Enfermagem.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português | Inglês     · pdf em Português | Inglês