SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 issue4Religious/spiritual coping in people with chronic kidney disease undergoing hemodialysisEducational intervention regarding hypothermia: a teaching strategy for education in the surgery department author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Escola de Enfermagem da USP

Print version ISSN 0080-6234

Abstract

SILVA, Lilian Carvalho da et al. Desempenho de índices de gravidade para estimar risco de morte em Unidades de Terapia Intensiva. Rev. esc. enferm. USP [online]. 2012, vol.46, n.4, pp. 846-850. ISSN 0080-6234.  http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342012000400009.

O Simplified Acute Physiology Score II (SAPS II) e o Logistic Organ Dysfunction System (LODS) são instrumentos utilizados para classificar pacientes internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) conforme a gravidade e o risco de morte, sendo um dos parâmetros da qualidade da assistência de enfermagem. Este estudo teve por objetivo avaliar e comparar as performances do SAPS II e do LODS para predizer mortalidade de pacientes admitidos em UTI. Participaram do estudo 600 pacientes de quatro diferentes UTIs de São Paulo, Brasil. A curva Receiver Operator Characteristic (ROC) foi utilizada para comparar o desempenho discriminatório dos índices. Os resultados foram: as áreas sob a curva do LODS (0.69) e do SAPS II (0.71) apresentaram moderada capacidade discriminatória para predizer mortalidade. Não foi encontrada diferença estatisticamente significativa entre as áreas (p=0,26). Concluiu-se que houve equivalência entre SAPS II e LODS para estimar risco de morte de pacientes em UTI.

Keywords : Mortalidade; Unidades de Terapia Intensiva; Índice de Gravidade de Doença; Cuidados de enfermagem.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese