SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 issue4The elderly with cognitive alterations in the context of poverty: a study of the social support networkHome blood pressure monitoring and control in a group of hypertensive patients author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Escola de Enfermagem da USP

Print version ISSN 0080-6234

Abstract

MORTARI, Carmen Luiza Hoffmann; MARTINI, Jussara Gue  and  VARGAS, Myriam Aldana. Representações de enfermeiras sobre o cuidado com mulheres em situação de aborto inseguro. Rev. esc. enferm. USP [online]. 2012, vol.46, n.4, pp. 914-921. ISSN 0080-6234.  http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342012000400019.

O aborto, realidade presente em nossa sociedade, é um desafio complexo para os profissionais da saúde. Este artigo objetiva relatar as representações de enfermeiras da Atenção Básica à Saúde do município de Chapecó (SC) sobre o cuidado com mulheres em situação de abortamento/aborto inseguro. Trata-se de estudo qualitativo, exploratório-descritivo. Os dados foram coletados por meio de Grupo Focal, constituído por oito enfermeiras, e depois analisados com a utilização do método do Discurso do Sujeito Coletivo. Os discursos indicam que o cuidado vem permeado de conflitos entre posicionar-se contra o aborto, apoiar as mulheres ou manter-se na imparcialidade. A representação da preservação da vida, princípio almejado pela formação profissional e tradição cristã, desencadeia tentativas de se evitar o aborto. Quando não há sucesso, mesmo desejando-se ajudar a mulher a encontrar uma saída segura, as enfermeiras apenas a orientam a ir para casa pensar, deixando claro que não é com ela a prática do aborto. Ficando a mulher abandonada...

Keywords : Aborto; Aborto criminoso; Atenção Primária à Saúde; Cuidados de enfermagem.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese