SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 issue4Home blood pressure monitoring and control in a group of hypertensive patientsThe family planning of women with mental disorders: what CAPS professionals have to say author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Escola de Enfermagem da USP

Print version ISSN 0080-6234

Abstract

BOTELHO, Sumaya Medeiros et al. O cuidar materno diante do filho prematuro: um estudo das representações sociais. Rev. esc. enferm. USP [online]. 2012, vol.46, n.4, pp. 929-934. ISSN 0080-6234.  http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342012000400021.

Este estudo teve como objetivo apreender as representações sociais de mães sobre o cuidar materno diante do filho prematuro. Participaram da pesquisa 30 mães de bebês prematuros que estiveram em três serviços de estimulação precoce em Jequié-BA. O instrumento de coleta de dados foi o Teste de Associação Livre de Palavras, que solicitou às participantes que evocassem cinco palavras sobre o cuidar materno diante do filho prematuro e que atribuíssem ordem de importância para as palavras. Os dados foram processados pelo EVOC 2003, gerando um quadro de quatro casas. No quadrante superior esquerdo apareceram as palavras amor e cuidado; no superior direito, angústia, atenção, carinho, paciência; no inferior esquerdo, medo, prevenção; no inferior direito, alegria, dedicação, dependência, dificuldade, experiência, proteção, responsabilidade, superação. O amor e o cuidado aparecem como núcleo central das representações. O amor diz respeito ao papel de mãe a ser exercido. O cuidado pode representar o anseio de encontrar melhorias para seu filho.

Keywords : Prematuro; Mães; Assistência domiciliar; Relações mãe-filho; Enfermagem neonatal.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese