SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.51Efeitos da música sacra no bem-estar espiritual de familiares enlutados: ensaio clínico randomizadoConstrução e validação de vídeo educativo para orientação de pais de crianças em cateterismo intermitente limpo índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista da Escola de Enfermagem da USP

versão impressa ISSN 0080-6234versão On-line ISSN 1980-220X

Resumo

TERASSI, Marielli et al. Comparação do desempenho cognitivo de idosos cuidadores com e sem dor crônica. Rev. esc. enferm. USP [online]. 2017, vol.51, e03260.  Epub 04-Dez-2017. ISSN 1980-220X.  https://doi.org/10.1590/s1980-220x2016023203260.

OBJETIVO

Conhecer e caracterizar a dor crônica em idosos cuidadores, verificar o desempenho cognitivo dos idosos da amostra e verificar se há diferença no desempenho cognitivo de idosos cuidadores com e sem dor crônica.

MÉTODO

Participaram da pesquisa pessoas com 60 anos ou mais que residiam com outro idoso no mesmo domicílio e que estavam cadastradas nas Unidades de Saúde da Família. A coleta de dados ocorreu no domicílio dos participantes. A dor foi avaliada pelo EMADOR e a cognição foi avaliada pelo ACE-R. Para as análises estatísticas foram utilizados os testes de Shapiro-Wilk e Mann-Whitney U Test.

RESULTADOS

Participaram da pesquisa 187 idosos cuidadores com dor crônica e 133 sem dor, com maior frequência de mulheres. A dor crônica esteve presente em 58,4% dos participantes. No que se refere às variáveis sociodemográficas, não houve diferença entre os grupos, com exceção da variável sexo (p=0,025). Não houve diferença no desempenho cognitivo entre os idosos com dor crônica e sem dor em nenhum domínio do instrumento ACE-R.

CONCLUSÃO

Os resultados contrariaram a hipótese inicial de que haveria diferença entre os grupos, no entanto, observa-se uma lacuna no conhecimento científico sobre dor crônica e cognição, principalmente em idosos cuidadores, abrindo perspectivas para investigações futuras.

Palavras-chave : Idoso; Cuidadores; Dor Crônica; Cognição; Enfermagem Geriátrica.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )