SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.54 issue3Seasonality of insects in the semi-arid Caatinga of northeastern BrazilImpact of small variations in temperature and humidity on the reproductive activity and survival of Aedes aegypti (Diptera, Culicidae) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Entomologia

Print version ISSN 0085-5626

Abstract

GALATI, Eunice A. B. et al. Flebotomíneos (Diptera, Psychodidae) na província Espeleológica do Vale do Ribeira. 2: Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira (PETAR), São Paulo, Brasil. Rev. Bras. entomol. [online]. 2010, vol.54, n.3, pp. 477-487. ISSN 0085-5626.  http://dx.doi.org/10.1590/S0085-56262010000300020.

O Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira, com cerca de 250 cavernas, situado em reserva de floresta Atlântica, é uma importante atração turística na região do Vale do Ribeira, onde a leishmaniose tegumentar americana (LTA) é endêmica. Com o objetivo de investigar as espécies incômodas ao homem e/ou implicadas na transmissão de Leishmania, identificou-se a fauna flebotomínea e alguns aspectos ecológicos de suas populações no núcleo da caverna Santana. Mensalmente, de janeiro/2001 a dezembro/2002, foram realizadas capturas com armadilhas automáticas luminosas em 11 ecótopos, incluindo cavernas, florestas, área de camping e ambientes domiciliares, e com armadilhas de Shannon em mata. No total capturou-se 2.449 flebotomíneos, representando 21 espécies. Nas capturas com armadilhas automáticas luminosas, Psathyromyia pascalei e Psychodopygus ayrozai foram as mais abundantes. Com as armadilhas de Shannon branca e preta instaladas simultaneamente foram capturados 107 espécimes, representando 13 espécies, na preta (12 espécies) e na branca (6 espécies). Fêmeas de Psychodopygus geniculatus predominaram na preta (43,75%), e Psathyromyia lanei e Ps. ayrozai, igualmente (32,4%), na branca. Nyssomyia intermedia e Nyssomyia neivai, ambas implicadas na transmissão da LTA na região, também foram capturadas, Ny. intermedia, a 6ª mais abundante, predominou na área de camping aberto. Baixas freqüências de flebotomíneos foram observadas nas cavernas, onde Evandromyia edwardsi predominou. Destaca-se a captura de Lutzomyia longipalpis, principal vetor do agente da leishmaniose visceral americana, sendo o registro mais meridional da mata Alântica.

Keywords : Cavernas; ecologia; flebotomíneos; leishmaniose; vetores.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English