SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.55 issue1Small-scale area effect on species richness and nesting occupancy of cavity-nesting bees and waspsSeasonality in insect abundance in the "Cerrado" of Goiás State, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Entomologia

Print version ISSN 0085-5626

Abstract

MACEDO, Luciano Pacelli Medeiros; BERTI FILHO, Evoneo  and  DELABIE, Jacques Hubert Charles. Epigean ant communities in Atlantic Forest remnants of São Paulo: a comparative study using the guild concept. Rev. Bras. entomol. [online]. 2011, vol.55, n.1, pp.75-78. ISSN 0085-5626.  http://dx.doi.org/10.1590/S0085-56262011000100012.

Comunidades de formigas epígeas em remanescentes da Mata Atlântica do Estado de São Paulo: um estudo comparativo utilizando o conceito de guildas. As guildas constituem-se em uma valiosa ferramenta ecológica, pois permitem realizar comparações entre ambientes em diferentes condições. As formigas podem ser utilizadas como indicadores ecológicos, principalmente para o monitoramento de áreas florestais degradadas. O objetivo deste estudo foi agrupar em guildas os Formicidae epígeas, coletados em remanescentes da Mata Atlântica do Estado de São Paulo. As coletas ocorreram em três áreas distintas do bioma Mata Atlântica: restinga arbórea (Cananéia), floresta estacional semidecídua (Piracicaba) e floresta ombrófila densa (Pariquera-Açu). As formigas foram identificadas e agrupadas em guildas, com base nos atributos ecológicos de comportamento e hábito, de acordo com a literatura. As formigas foram agrupadas em nove guildas, sendo que o ecossistema floresta estacional semidecídua apresentou oito destas, seguido da restinga arbórea (7) e da floresta ombrófila densa (6). As guildas encontradas foram: espécies onívoras, espécies granívoras, espécies predadoras especialistas de serapilheira e do solo, espécies predadoras generalistas de serapilheira, formigas subterrâneas dependentes de honeydew, formigas que fazem correições, formigas arborícolas dominantes ou subdominantes, que ocasionalmente forrageiam no chão, formigas dominantes de solo ou serapilheira e formigas cultivadoras de fungo, utilizando fezes e cadáveres de insetos. As guildas encontradas poderão ser utilizadas em monitoramento da mirmecofauna no bioma Mata Atlântica, fornecendo subsídios para futuros estudos ecológicos.

Keywords : Bioindicadores ecológicos; ecossistemas; Formicidae; Hymenoptera; monitoramento ambiental.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License