SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 issue2Heavy metals availability for corn cultivated in a Latosol sucessively amended with sewage sludgesAbsorption, translocation and utilization of zinc, copper and manganese in grafted seedlings of Coffea arabica author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Ciência do Solo

On-line version ISSN 1806-9657

Abstract

MELLO, Jaime Wilson Vargas de et al. Avaliação preliminar de drenagem ácida no estado de Minas Gerais, Brasil. Rev. Bras. Ciênc. Solo [online]. 2006, vol.30, n.2, pp.365-375. ISSN 1806-9657.  https://doi.org/10.1590/S0100-06832006000200016.

A despeito da importância econômica de atividades mineralógicas para o estado de Minas Gerais, perceber-se que elas causam significativo impacto ao ambiente. Drenagem ácida é um dos aspectos ambientais considerados pela atividade em função de seus impactos. Ela tem origem a partir da oxidação de sulfetos metálicos que acidificam as águas, com possibilidade de mobilizar elementos tóxicos e poluir os recursos hídricos. Este trabalho teve como objetivo realizar uma avaliação preliminar do problema em Minas Gerais. O trabalho teve início a partir de um levantamento bibliográfico junto a Fundação Estadual de Meio Ambiente (FEAM) para identificar minerações cujo minério está associado a sulfetos. Amostras dos substratos foram retiradas para determinar o potencial de acidez (AP) e de neutralização (NP). AP foi avaliado por dois procedimentos: pelo teor total de sulfetos e pela oxidação com peróxido seguida da titulação ácida. O NP foi avaliado pelo teor equivalente de carbonato de cálcio. Lâminas petrográficas foram preparadas para a descrição mineralógica com ênfase em sulfetos e carbonatos. O balanço ácido-base (ABA) foi determinado pela diferença entre AP e NP, enquanto o potencial de geração de águas ácidas foi obtido pelo valor de ABA e o volume total de material de cada atividade minerária. Os resultados permitiram identificar quatro substratos com potencial para gerar drenagem ácida no estado de Minas Gerais. Juntas, estes materiais representam um potencial de geração de cerca 3,14 a 10,37 bilhões de metros cúbicos de água a pH 2,0 ou 31,4 a 103,7 bilhões de metros cúbicos de água a pH 3,0. Estes valores significam custos entre US$ 7,8 e 25,9 milhões para neutralizar a acidez com o uso de calcário. Estas estimativas são provavelmente subavaliadas, uma vez que algumas minerações não foram incluídas no levantamento e, para outras, as amostras superficiais podem não representar a realidade. Uma avaliação mais rígida do potencial de drenagem ácida em nível estadual requer estudos futuros. Estes estudos precisariam incluir um número maior de amostras e mineradoras não incluídas neste trabalho. Eles poderiam considerar, ainda, a cinética de geração de acidez por meio de procedimentos de intemperismo simulado.

Keywords : drenagem ácida de minas; balanço ácido-base; minerais sulfetados.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License