SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 issue6Assessment of mycorrhizal interaction in olive tree (Olea europea L.) cultivarsRelation of the pore-water velocity and soil column length with potassium transport parameters in an oxisol and a neosol author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Ciência do Solo

Print version ISSN 0100-0683

Abstract

CASTILHO, Selene Cristina de Pierri; COOPER, Miguel  and  JUHASZ, Carlos Eduardo Pinto. Influência da formação de crostas sob chuva natural sobre alguns atributos físicos de solos com texturas contrastantes. Rev. Bras. Ciênc. Solo [online]. 2011, vol.35, n.6, pp. 1893-1905. ISSN 0100-0683.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-06832011000600006.

O encrostamento superficial do solo é um dos principais efeitos negativos provocados pela atividade humana e favorece a degradação do solo. Este processo, de origem física, diminui a infiltração de água no solo aumentando o escorrimento superficial ("runoff") e consequentemente a erosão hídrica e degradação do solo. O estudo e monitoramento das crostas superficiais são importantes para o manejo e conservação do solo e da água, principalmente em regiões de clima tropical, nas quais os trabalhos realizados são insuficientes para entender como os processos de formação e evolução das crostas ocorrem. O objetivo principal deste estudo foi monitorar a formação e evolução das crostas em solos de texturas contrastantes. Foram monitoradas crostas formadas em Argissolo Vermelho-Amarelo de textura arenosa/média, Latossolo Vermelho-Amarelo de textura média e Nitossolo Vermelho eutroférrico argiloso. As coletas e medições foram realizadas após 0, 3, 5 e 10 eventos chuvosos com intensidade acima de 25 mm h-1 durante o período de dezembro de 2008 a maio de 2009. A caracterização dos solos foi realizada por meio de análises químicas e granulométricas. Para o monitoramento das modificações do solo causadas pela chuva foram realizadas medições de rugosidade superficial do solo, condutividade hidráulica, além da coleta de amostras indeformadas para construção das curvas de retenção de água e análise micromorfológica. A redução da rugosidade superficial e a formação de crostas superficiais foi observada para todos os solos ao longo de todos os eventos acompanhados. Entretanto, ao contrário do que era esperado segundo a literatura, a formação de crostas nem sempre foi acompanhada por uma redução da porosidade total, da condutividade hidráulica e da retenção de água no solo.

Keywords : encrostamento superficial; rugosidade do solo; micromorfologia.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English