SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.36 issue3Laboratory evaluation of the use of alkaline covers to prevent acid mine drainageAmmonia volatilization in waterlogged soils influenced by the form of ureia application author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Ciência do Solo

Print version ISSN 0100-0683

Abstract

ROSE, Juliana Lundgren; MAHLER, Cláudio Fernando  and  IZZO, Ronaldo Luis dos Santos. Comparação entre as taxas de oxidação de CH4 em quatro diferentes meios. Rev. Bras. Ciênc. Solo [online]. 2012, vol.36, n.3, pp. 803-812. ISSN 0100-0683.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-06832012000300011.

Emissões gasosas de aterros de resíduos estão entre as maiores fontes antrópicas de metano (CH4), um dos principais gases de efeito estufa. Buscou-se neste trabalho estudar uma alternativa econômica de minimizar a emissão desses gases em aterros de resíduos sólidos urbanos. Essa alternativa compreende o uso de coberturas de aterros com capacidades oxirredutoras especiais na presença de CH4. Ainda visando melhorar a relação qualidade/custo do empreendimento, escolheu-se o composto como um dos materiais a serem empregados na cobertura. O outro material é um solo (Argissolo Vermelho-Amarelo silte-argiloso). Para isso, estudou-se em laboratório o comportamento de quatro cenários: composto de resíduo sólido urbano (RSU), solo e duas misturas, em diferentes proporções, de composto e solo. Objetivou-se avaliar a sua adequação e compatibilidade ambiental como meio oxidante de CH4 em biofiltros. Quatro biofiltros de 60 cm de altura foram construídos em tubos de PVC com diâmetro interno de 10 cm. Cada filtro continha 2,3 L de material oxidante, no início do experimento. O gás empregado foi uma mistura de CH4 e ar, a qual foi introduzida pela parte de baixo de cada biofiltro; o fluxo de gás foi ajustado para 150 mL min-1, por rotâmetro. Cem dias após o início do experimento, o biofiltro que apresentou os melhores resultados foi o composto de RSU, com taxa de oxidação de 990 g m-3 dia-1 , correspondendo a uma eficiência de 44 %. Pode-se concluir que os quatro substratos estudados têm capacidade oxidativa satisfatória, podendo ser utilizados de forma vantajosa como material de cobertura do aterro de resíduos sólidos urbanos.

Keywords : oxidação de metano; biofiltro; composto de resíduo sólido urbano; cobertura de aterro de resíduos sólidos; estudo de caso.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English