SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.36 issue3Ammonia volatilization in waterlogged soils influenced by the form of ureia applicationPotential use of century model and gis to evaluate the impact of agriculture on regional soil organic carbon stocks author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Ciência do Solo

Print version ISSN 0100-0683

Abstract

MAIA, Celsemy Eleutério  and  RODRIGUES, Kelly Kaliane Rego da Paz. Proposta de um índice para classificar água para irrigação: um caso da região nordeste do Brasil. Rev. Bras. Ciênc. Solo [online]. 2012, vol.36, n.3, pp. 823-830. ISSN 0100-0683.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-06832012000300013.

Uma forma de classificar a qualidade da água é por meio de índices, os quais podem resumir uma série de parâmetros analisados em um único número, o que facilita a interpretação de extensas listas de variáveis ou indicadores, possibilitando classificar a qualidade da água. Com isso, os objetivos deste trabalho foram desenvolver um índice com base estatística para classificar as águas de acordo com o Índice de Qualidade de Água para Irrigação (IQAI), avaliar a composição iônica da água para uso na irrigação e classificá-la por fonte. Para isso, foi utilizado o banco de dados gerado durante o programa Geração e Adaptação de Tecnologia (GAT), no qual, a partir de 1988, foram coletadas mensalmente amostras de água em fontes dos Estados da Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará. Para avaliar a qualidade da água, tomou-se como referência a condutividade elétrica da água de irrigação (CE), cujo valor corresponde a 0,7 dS m-1. As variáveis químicas utilizadas neste trabalho foram: pH, CE, Ca, Mg, Na, K, Cl, HCO3, CO3 e SO4. Para todas as características avaliadas observou-se a normalidade dos dados pelo teste de Lilliefors. Em seguida, determinou-se o índice de qualidade de água para irrigação por meio de uma equação que relaciona o valor padronizado da variável analisada com o número de características avaliadas. Assim, classificou-se o IQAI a partir de índices, considerando a distribuição normal. Finalmente, esses índices foram submetidos à regressão. O método proposto para o IQAI permitiu classificar satisfatoriamente a qualidade da água para irrigação, podendo estimá-lo em função da CE para as três fontes. Observou-se variação na composição iônica entre as três fontes e em uma mesma fonte. Apesar de terem sido observadas águas de diferentes qualidades, predominaram águas de boa qualidade, com IQAI II.

Keywords : salinidade; condutividade elétrica; composição iônica.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English