SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.36 issue3Application of alkaline waste from pulp industry to acid soil with pineSoil, water and nutrient losses by interrill erosion from green cane cultivation author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Ciência do Solo

Print version ISSN 0100-0683

Abstract

SILVA, Douglas Ramos Guelfi et al. Caracterização e liberação de nutrientes de rochas silicáticas e suas alterações nos atributos químicos do solo. Rev. Bras. Ciênc. Solo [online]. 2012, vol.36, n.3, pp. 951-962. ISSN 0100-0683.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-06832012000300025.

O crescimento da agricultura brasileira tem gerado aumento da importação de fertilizantes para atender à demanda por alimentos, aumentando os preços no mercado interno. Esse fato tem contribuído para aumento no interesse de utilização de fontes alternativas de nutrientes, como as rochas moídas e alguns subprodutos de agroindústria e mineração que podem se tornar um passivo ambiental. Contudo, faz-se necessário conhecer o potencial de liberação dos nutrientes, bem como as alterações no solo causadas por esses materiais. Este trabalho teve como objetivo caracterizar seis rochas silicáticas e avaliar os efeitos desses materiais nos atributos químicos do solo por meio de extratores químicos, em incubação realizada em casa de vegetação. O experimento foi conduzido no Departamento de Ciência do Solo da Universidade Federal de Lavras, utilizando as seguintes rochas silicáticas como tratamentos: brecha, ultramáfica, biotita xisto, flogopitito, subproduto de mineração e subproduto de Chapada, MS. Doses de rochas silicáticas, correspondendo a 0, 200, 400 e 600 kg ha-1 de K2O foram adicionadas a um Latossolo Vermelho Amarelo distrófico e incubadas por 100 dias. Em seguida, foram determinados os valores de pH (água); Ca e Mg, extraídos com KCl 1 mol L-1; K, P e Na, extraídos pelo Mehlich-1; Ni, Cu e Zn, extraídos por DTPA; saturação por alumínio (m); saturação da CTC potencial por cálcio, magnésio, potássio e sódio; e saturação por bases (V). As rochas moídas alteraram os atributos químicos do solo. Nas doses aplicadas, a ultramáfica e o subproduto de Chapada foram as rochas que mais influenciaram o pH do solo, enquanto o subproduto de mineração é o que disponibiliza mais K. Maior disponibilidade de Zn ocorreu com a aplicação do subproduto de mineração e de Cu quando se aplicaram subprodutos de Chapada e mineração.

Keywords : correção do solo; disponibilidade de nutrientes; fertilizante multinutriente; pó de rocha; rocha potássica.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English