SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 número5Resíduo de Curtumes como Fonte de Nitrogênio para Trigo e Arroz em SucessãoCalagem em Modelos de Produção Agrícola com e Sem a Adoção da Integração Lavoura-pecuária índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ciência do Solo

versão impressa ISSN 0100-0683versão On-line ISSN 1806-9657

Resumo

MARRE, Wellington Braida et al. Acúmulo de Micronutrientes em Frutos de Cafeeiros ‘conilon’ com Distintos Ciclos de Maturação. Rev. Bras. Ciênc. Solo [online]. 2015, vol.39, n.5, pp.1456-1462. ISSN 0100-0683.  https://doi.org/10.1590/01000683rbcs20140649.

O número de dias compreendido entre a antese e a maturação dos frutos de cafeeiros conilon varia em razão do genótipo utilizado. Desse modo, acredita-se que os períodos de maior demanda nutricional para formação dos frutos também variam por causa dos genótipos, influenciando diretamente o manejo da adubação. Nesse sentido, objetivou-se estabelecer curvas de acúmulo para boro, cobre, ferro, manganês e zinco em frutos de cafeeiros conilon com distintos ciclos de maturação. O experimento foi conduzido no município de Nova Venécia, Espírito Santo, durante o ciclo reprodutivo do ano agrícola 2010/2011. Foram utilizados quatro genótipos de cafeeiros com ciclos de maturação diferenciados (precoce, intermediário, tardio e supertardio). O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com cinco repetições. Os tratamentos correspondem ao acúmulo de B, Cu, Fe, Mn e Zn nos frutos, a cada 28 dias no período compreendido entre a floração e a colheita. Os genótipos precoce, intermediário e tardio acumulam Fe, Cu e Mn de maneira semelhante, com curvas sigmoidais, enquanto o genótipo supertardio acumula esses nutrientes de maneira exponencial. O Zn é acumulado de forma sigmoidal por todos os genótipos estudados. Os genótipos precoce, intermediário e tardio acumulam B de forma linear enquanto o genótipo supertardio, de forma sigmoidal. O ciclo de maturação do genótipo deve ser levado em consideração para o correto parcelamento da adubação de micronutrientes na lavoura cafeeira.

Palavras-chave : Coffea canephora; genótipos; manejo da adubação.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )