SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 número6Macrofauna Edáfica e Atributos Físicos e Químicos em Sistemas de Uso do Solo no Planalto CatarinenseCaracterização de Exopolissacarídeos Produzidos por Espécies de Rizóbios índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ciência do Solo

versão impressa ISSN 0100-0683versão On-line ISSN 1806-9657

Resumo

GANDINI, Andrezza Mara Martins et al. Crescimento e Nutrição de Mudas Clonais de Eucalipto Promovidos por Fungos Ectomicorrízicos em Viveiros Comerciais. Rev. Bras. Ciênc. Solo [online]. 2015, vol.39, n.6, pp.1554-1565. ISSN 0100-0683.  http://dx.doi.org/10.1590/01000683rbcs20150075.

A utilização dos fungos ectomicorrízicos (FEM) em eucalipto pode melhorar a adaptação das mudas no campo e permitir um uso mais eficiente de fertilizantes. A eficiência de doses de inoculante de FEM em promover a colonização ectomicorrízica, o crescimento, a absorção de nutrientes e a qualidade de mudas clonais de Eucalyptus urophylla foi avaliada em condições de viveiro comercial. Para os tratamentos com doses de inoculante, a adubação de substrato de produção das mudas foi reduzida em 50 %. O experimento foi realizado em delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 4 × 4, sendo: as doses 0 (controle), 5, 10 e 15 esferas de gel de alginato de cálcio contendo micélio vegetativo de Amanita muscaria, Elaphomyces antracinus, Pisolithus microcarpus e Scleroderma areolatum, mais um tratamento não inoculado sem redução da fertilização de substrato (Comercial). Os FEM aumentaram o crescimento, a colonização e a absorção de N e K de forma igual. O melhor crescimento e colonização foram observados na maior dose de inoculante; e os maiores teores e conteúdos de P, N e K, na dose de 10 esferas. A inoculação das mudas clonais com Amanita muscaria, Elaphomyces anthracinus e Scleroderma areolatum aumenta de forma diferenciada os teores e conteúdos de P. O índice de qualidade de Dickson não foi influenciado pelos fungos e nem pelas doses de inóculo. As mudas clonais de eucalipto inoculadas pelos FEM e crescidas com a metade da adubação de substrato apresentaram teores e conteúdos de P e N e teor de K maiores ou iguais àquelas do Comercial e qualidade suficiente para o transplantio aos 90 dias.

Palavras-chave : simbiose; nutrição de plantas; produção de mudas; fósforo; nitrogênio; potássio.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )