SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 issue11ANALYSIS OF EXPERIMENTS IN SQUARE LATTICE WITH EMPHASIS ON VARIANCE COMPONENTS: II. JOINT ANALYSISANATOMICAL STUDIES OF IN VITRO ORGANOGENESIS INDUCED IN LEAF-DERIVED EXPLANTS OF PASSIONFRUIT author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Pesquisa Agropecuária Brasileira

Print version ISSN 0100-204X

Abstract

FREITAS, ALFREDO RIBEIRO DE; MANZANO, AIRTON  and  ESTEVES, SÉRGIO NOVITA. TAMANHO AMOSTRAL ENVOLVENDO MÚLTIPLOS CARACTERES: UMA APLICAÇÃO À DIGESTIBILIDADE EM BOVINOS. Pesq. agropec. bras. [online]. 1999, vol.34, n.11, pp. 1999-2005. ISSN 0100-204X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-204X1999001100004.

O objetivo deste trabalho foi estimar o tamanho amostral mínimo (n) para comparar tratamentos em experimentos de consumo e de digestibilidade com bovinos, envolvendo múltiplos caracteres. Foram utilizados dados de digestibilidade de 72 novilhas com média de 18 meses de idade e 250 kg de peso. O experimento foi realizado na Embrapa-Centro de Pesquisa de Pecuária do Sudeste, São Carlos, SP, de 1988 a 1989, em delineamento inteiramente casualizado, com nove tratamentos organizados em esquema fatorial 3 x 3 (três grupos genéticos: Canchim, ½ Canchim + ½ Nelore e Nelore, e três níveis de proteína bruta: 6, 10 e 13%, com oito repetições cada, sendo a unidade experimental a novilha). Foram analisados consumo de ração (g/kg0,75) por quilograma de peso metabólico, energia digestível, nitrogênio retido (NR), NR (mg/kg0,75) e digestibilidades da matéria seca, proteína bruta, fibra em detergente neutro e fibra em detergente ácido. O valor mínimo de n, que permite detectar diferenças significativas (D) entre vetores de médias de tratamentos, foi obtido por meio de um programa SAS (Statistical Analysis System), considerando modelo de distribuição normal t-variada, média zero e matriz de covariância S, estatística T2 de Hotelling, distribuição F com parâmetro de não centralidade (d2D), erros do tipo I (a), poder do teste (1 b) e D. O valor de n variou de 6 a 47, sendo mais influenciado por alteração nos valores de D, do que nos valores de a e poder do teste.

Keywords : distribuição F; diferença mínima significativa; Hotelling.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese