SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 issue12Development and production of fruits of banana plant as a response to nitrogen and potassium fertilizationGenetic variability for the tomato fruit's shelf-life and weight in F3 families derived from an interspecific hybrid author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Pesquisa Agropecuária Brasileira

Print version ISSN 0100-204X

Abstract

ROCHA, BEATRIZ HELENA GOMES; AUGUSTIN, ELIANE; SILVA, JOÃO BAPTISTA DA  and  PEREIRA, ARIONE DA SILVA. Associação entre isoenzimas e matéria seca em batata silvestre. Pesq. agropec. bras. [online]. 2000, vol.35, n.12, pp. 2415-2421. ISSN 0100-204X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-204X2000001200012.

Clones de batata silvestre (Solanum spp.) foram analisados quanto aos teores de matéria seca em tubérculos e isoenzimas de aspartato transaminase e isocitrato desidrogenase em folhas, com o objetivo de identificar associação entre estas características. Os resultados obtidos em uma amostra de 50 clones indicam grande variabilidade do teor de matéria seca. Clones de S. commersonii malmeanum apresentaram maior teor que os de S. commersonii commersonii, S. chacoense muelleri e de outros cuja espécie não foi identificada. Os padrões isoenzimáticos de folhas de 38 clones da amostra mostraram 15 variantes eletroforéticas de aspartato transaminase e sete de isocitrato desidrogenase. Comparações efetuadas através de tabelas de contingência 2 x 2, usando o teste de c2, com correção para continuidade, permitiram concluir que existe associação significativa entre o teor de matéria seca e as bandas de mobilidade relativa 1,00 de aspartato transaminase e de isocitrato desidrogenase.

Keywords : Solanum; aspartato transaminase; isocitrato desidrogenase; melhoramento de plantas.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese