SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.36 issue8Evaluation and selection of cacao hybrids in RondôniaEffect of seed size on initial plant growth and grain yield of wheat author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Pesquisa Agropecuária Brasileira

Print version ISSN 0100-204X

Abstract

MOURA, Geraldo de Melo  and  COSTA, Newton de Lucena. Efeito da freqüência e altura de poda na produtividade de raízes e parte aérea em mandioca. Pesq. agropec. bras. [online]. 2001, vol.36, n.8, pp. 1053-1059. ISSN 0100-204X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-204X2001000800007.

O objetivo do presente trabalho foi avaliar o efeito da altura e freqüência de poda, sobre a produtividade de parte aérea e de raízes em cinco cultivares de mandioca. Foram avaliadas duas alturas (0,50 m e 1,00 m) e três freqüências de poda (aos 6, 12 e 18 meses, aos 12 e 18 meses e aos 18 meses), envolvendo as cultivares Paxiubão, Pretinha, Paxiúba II, Metro III, e Pirarucu. A produção de matéria verde e a porcentagem de folhas foram inversamente proporcionais à idade das plantas. Com exceção da cultivar Paxiubão, os rendimentos de raízes foram reduzidos com o aumento da freqüência de podas. O rendimento de raízes foi reduzido tanto pela altura como pela freqüência de poda, enquanto o rendimento de matéria verde foi influenciado pela freqüência de poda. A altura e a freqüência de poda reduziram o teor de matéria seca de raízes e elevaram o índice de podridão de raízes. A freqüência de poda reduziu o teor de ácido cianídrico nas raízes. Para o aproveitamento simultâneo da parte aérea e raízes recomenda-se a cultivar Paxiubão com poda aos 6 e 12 meses.

Keywords : Manihot esculenta; matéria seca; podridão da raiz; ácido cianídrico.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese