SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 issue12Characterization of a Peruvian isolate of Metarhizium anisopliae var. acridum, a pathogen of grasshoppers author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Pesquisa Agropecuária Brasileira

Print version ISSN 0100-204XOn-line version ISSN 1678-3921

Abstract

SUGUINO, Eduardo; APPEZZATO-DA-GLORIA, Beatriz; ARAUJO, Paulo Sérgio Rodrigues de  and  SIMAO, Salim. Propagação vegetativa de camu-camu por meio de enxertia intergenérica na família Myrtaceae. Pesq. agropec. bras. [online]. 2003, vol.38, n.12, pp.1477-1482. ISSN 0100-204X.  https://doi.org/10.1590/S0100-204X2003001200015.

O camu-camu [Myrciaria dubia (Humb., Bonpl. & Kunth) McVaugh], da família Myrtaceae, é encontrado em áreas inundáveis da Região Amazônica e utilizado como conservante em antioxidantes por seu alto teor de ácido ascórbico. O objetivo deste trabalho foi avaliar porta-enxertos desta família, adaptados a terra firme, visando à propagação vegetativa de camu-camu. Selecionaram-se duzentas e quarenta mudas de camu-camu, goiabeira (Psidium guajava L.) e pitangueira (Eugenia uniflora L.), que receberam quatro tipos de enxertia, originando doze tratamentos de sessenta plantas, com cinco repetições. Apenas o porta-enxerto de camu-camu se mostrou compatível. A incompatibilidade entre camu-camu e os porta-enxertos de goiabeira e pitangueira foi demonstrada por análises anatômicas.

Keywords : Myrciaria dubia; porta-enxerto; propagação vegetal; anatomia vegetal; análise vegetal.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License