SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.42 número4Adaptabilidade e estabilidade como critérios para seleção de genótipos de girassolEstratégias de amostragem e estabelecimento de coleções nucleares índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Pesquisa Agropecuária Brasileira

versão On-line ISSN 1678-3921

Resumo

OLIVEIRA, Maria do Socorro Padilha de; FERREIRA, Daniel Furtado  e  SANTOS, João Bosco dos. Divergência genética entre acessos de açaizeiro fundamentada em descritores morfoagronômicos. Pesq. agropec. bras. [online]. 2007, vol.42, n.4, pp. 501-506. ISSN 1678-3921.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-204X2007000400007.

Este trabalho teve como objetivo estimar a divergência genética entre acessos de açaizeiro conservados na coleção de germoplasma da Embrapa Amazônia Oriental, em Belém, PA, por meio de descritores morfoagronômicos. A avaliação foi realizada em 87 acessos, com base em 22 caracteres: sete relativos à planta, três à floração, três a frutos e nove à produção de frutos, no período de 1995 a 2001. Foram efetuadas análises univariadas e multivariadas, com estimativas das dissimilaridades obtidas pela distância euclidiana média padronizada, e formação dos agrupamentos obtida pelos métodos UPGMA e Tocher. Os acessos apresentaram alto índice de variação na maioria dos caracteres. As distâncias genéticas entre os pares de acessos variaram de 0,09 a 1,87, com média de 1,39. O método UPGMA dividiu os acessos em cinco grupos, enquanto o de Tocher formou 24 agrupamentos. Os cinco acessos indicados como mais divergentes devem compor programas de intercruzamentos, para obtenção de genótipos superiores.

Palavras-chave : Euterpe oleracea; variabilidade; análise multivariada; agrupamento; distância genética.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português