SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.42 número11Análise de fatores e estratificação ambiental na avaliação da adaptabilidade e estabilidade em sojaSulfonamidas em leite por cromatografia líquida de alta eficiência com derivação pré-coluna e detecção por fluorescência índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Pesquisa Agropecuária Brasileira

versão On-line ISSN 1678-3921

Resumo

COSTA, Cibele Tesser da et al. Diversidade genética de triticales brasileiros avaliada com microssatélites genômicos de trigo. Pesq. agropec. bras. [online]. 2007, vol.42, n.11, pp. 1577-1586. ISSN 1678-3921.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-204X2007001100009.

O objetivo deste trabalho foi determinar a variabilidade disponível para o melhoramento de triticale (X Triticosecale Wittmack) no Brasil. Quarenta e dois microssatélites de trigo foram empregados para estimar a diversidade molecular de 54 genótipos, que constituem a base de um dos principais programas de melhoramento da espécie no país. A heterozigosidade média foi 0,06, e os números médio e efetivo de alelos por lócus foram de 2,13 e 1,61, respectivamente, com freqüência alélica média de 0,34. O conjunto de microssatélites de trigo possibilitou reunir os genótipos em sete grupos, mesmo que o germoplasma utilizado seja originado de apenas duas instituições de pesquisa, o que refletiu em baixo índice de polimorfismo médio (0,36). A taxa de transferência dos marcadores testados (71,42%) indica a possibilidade de uso desses microssatélites de trigo, até mesmo os mapeados no genoma D da espécie, na análise de triticales hexaplóides em futuros trabalhos de genética e melhoramento de triticale.

Palavras-chave : X Triticosecale; polymorphism information content; transferability; heterozygosity; number of alleles; frequency of alleles.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · pdf em Inglês