SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.43 issue9Adventitious shoot of ornamental pineapple under benzylaminopurine, naphthalene acetic acid and subculture period effectGenetic resistance of grape genotypes to rust author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Pesquisa Agropecuária Brasileira

On-line version ISSN 1678-3921

Abstract

DI PIERO, Robson Marcelo  and  GARDA, Marcos Venicius. Quitosana reduz a severidade da antracnose e aumenta a atividade de glucanase em feijoeiro-comum. Pesq. agropec. bras. [online]. 2008, vol.43, n.9, pp. 1121-1128. ISSN 1678-3921.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-204X2008000900004.

O objetivo deste trabalho foi avaliar o controle da antracnose em feijoeiro-comum pela aplicação de quitosana. A quitosana foi pulverizada em plantas de feijão-comum, em diferentes concentrações, no estádio V3, em casa de vegetação. As plantas foram também submetidas à inoculação de Colletotrichum lindemuthianum. A dose de 9 mg de quitosana por planta propiciou redução em mais de 50% na severidade da antracnose e não causou fitotoxicidade. O efeito protetor foi local e mais intenso no intervalo de tempo de 4 dias entre tratamento e inoculação. Observou-se redução significativa no crescimento micelial e inibição total da germinação de esporos de C. lindemuthianum, quando se utilizou o polissacarídeo a 1 mg mL-1 e 80 µg mL-1, respectivamente. Em folhas do feijoeiro, a quitosana provocou o aumento na atividade de glucanase. Quitosana apresenta propriedades antifúngicas contra C. lindemuthianum, bem como potencial para induzir resistência à planta, e pode ser uma alternativa para o controle da antracnose do feijoeiro.

Keywords : Phaseolus vulgaris; Colletotrichum lindemuthianum; antibiose; indução de resistência; proteínas relacionadas à patogênese.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese