SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 número8Biocontrole de patógenos em sementes e promoção do crescimento de plântulas de feijão comum por Trichoderma harzianumPotencial germinativo e morfoanatomia foliar de plântulas de pinhão-manso originadas de germoplasma criopreservado índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Pesquisa Agropecuária Brasileira

versão impressa ISSN 0100-204X

Resumo

MELO, Osvânder David de et al. Triagem de genótipos de hortaliças para resistência a Meloidogyne enterolobii. Pesq. agropec. bras. [online]. 2011, vol.46, n.8, pp.829-835. ISSN 0100-204X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-204X2011000800007.

O objetivo deste trabalho foi identificar genótipos de alface, batata-doce, feijão, tomate e Capsicum resistentes ao nematoide Meloidogyne enterolobii (Syn. M. mayaguensis) e classificá-los quanto ao grau de resistência. Foram avaliados: 10 genótipos de alface, 8 de batata-doce, 10 de feijão e feijão-vagem, 25 de Capsicum e 6 de tomate. Foram calculados o fator de reprodução e o índice de reprodução, e os genótipos foram classificados quanto ao grau de resistência ao nematoide. Foram observados níveis moderados de resistência na cultivar de feijão Aporé e nos acessos de pimenta, BGH-433 e BGH-4285, e de pimentão, PIM-031, PIX-022I-31-07-02 e PIX-022I-31-13-01. Todos os genótipos de tomate são suscetíveis a M. enterolobii. As cultivares de alface Julia, Hortência, Verônica, Grand Rapids e Babá de Verão, e os clones de batata-doce UFLA07-49 e UFLA07-53 são muito resistentes ao nematoide. A resistência a M. enterolobii aparentemente é mediada por genes diferentes dos que conferem resistência a outras espécies e raças de Meloidogyne.

Palavras-chave : Meloidogyne mayaguensis; fator de reprodução; índice de reprodução.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons