SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.51 issue8Simultaneous detection of tomato resistance factors to Fusarium wilt in tomato by multiplex PCRGrowth, mineral composition, fruit yield, and mycorrhizal colonization of feijoa in response to lime and phosphorus application author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Pesquisa Agropecuária Brasileira

Print version ISSN 0100-204XOn-line version ISSN 1678-3921

Abstract

TOZZI, Fernanda Ribeiro Oliveira  and  GHINI, Raquel. Impacto do aumento da concentração atmosférica de dióxido de carbono sobre a ferrugem e o crescimento do cafeeiro. Pesq. agropec. bras. [online]. 2016, vol.51, n.8, pp.933-941. ISSN 0100-204X.  https://doi.org/10.1590/S0100-204X2016000800005.

O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do aumento da concentração de dióxido de carbono atmosférico sobre o crescimento de plantas e a severidade da ferrugem (causada por Hemileia vastatrix) em cafeeiro (Coffea arabica). Utilizaram-se as cultivares 'Obatã IAC 1669-20' e 'Catuaí Vermelho IAC 144', moderadamente resistente e suscetível à doença, respectivamente. Os tratamentos consistiram de 400 e 508 μmol mol-1 de CO2 atmosférico, em dois tipos de estufas de topo aberto (OTC). As plantas das duas cultivares, cultivadas nas OTCs com adição de CO2, apresentaram aumento de área foliar, e da taxa de crescimento em altura e em diâmetro do caule, em comparação às plantas cultivadas em estufas à concentração ambiente de CO2; porém, as cultivares não diferiram quanto ao teor de cera das folhas. Em 'Catuaí Vermelho IAC 144', a severidade da ferrugem diminuiu com o aumento da concentração de CO2, quanto ao número de lesões, área foliar lesionada, número de lesões esporuladas, área lesionada esporulada, percentagem de área foliar lesionada e área abaixo da curva de progresso da doença; no entanto, em 'Obatã IAC 1669-20', a severidade da doença não variou. A incidência de folhas lesionadas por planta, o período latente, a germinação de urediniósporos e a formação de apressórios não são alterados, à dose de 508 μmol mol-1 de CO2, em ambas as cultivares.

Keywords : Coffea arabica; Hemileia vastatrix; aquecimento global; CO2; mudanças climáticas.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )