SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.51 issue9Nitrogen oxides and CO2 from an Oxisol cultivated with corn in succession to cover cropsRelationship between soils and landscape units in the Pantanal ecosystem, in Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Pesquisa Agropecuária Brasileira

Print version ISSN 0100-204XOn-line version ISSN 1678-3921

Abstract

ZOLIN, Cornélio Alberto et al. Perda de solo e água sob integração lavoura-floresta e em sucessão soja-milho. Pesq. agropec. bras. [online]. 2016, vol.51, n.9, pp.1223-1230. ISSN 0100-204X.  https://doi.org/10.1590/s0100-204x2016000900022.

O objetivo deste trabalho foi avaliar, em condição de chuva natural, a perda de solo e água em sistemas de produção com integração lavoura-floresta ou com sucessão soja-milho. O experimento foi realizado em Latossolo Vermelho-Amarelo com textura muito argilosa, em uma região de transição Cerrado/Amazônia. Os seguintes usos e coberturas do solo foram avaliados: sistema integração lavoura-floresta; lavoura com sucessão soja-milho+braquiária; e solo descoberto. As lavouras foram cultivadas em sistema plantio direto em sucessão soja-milho+braquiária, todos os anos, independentemente do sistema de produção. A perda de solo por erosão hídrica, nos três anos avaliados, foi de 0,215 Mg ha-1 por ano, no sistema integração lavoura-floresta, e de 0,753 Mg ha-1 por ano na lavoura com sucessão soja-milho. Estes valores situaram-se abaixo do limite de tolerância, que é de 11,1 Mg ha-1 por ano, e os menores valores observados com a integração lavoura-floresta apontam para o elevado potencial conservacionista desse sistema.

Keywords : conservação do solo; erosão hídrica; escoamento superficial; plantio direto; recursos hídricos; sistemas de integração.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )