SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 issue3Production and partitioning of dry matter and stomatal conductance of Rangpur lemon under salt stressStorage temperature in minimally processed tangor 'Murcote' author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Fruticultura

Print version ISSN 0100-2945On-line version ISSN 1806-9967

Abstract

COSTA, Luciana Claudia; PAVANI, Maria do Carmo Morelli Damasceno; MORO, Fabíola Vitti  and  PERECIN, Dilermando. Viabilidade de sementes de acerola (Malpighia emarginata DC): avaliação da vitalidade dos tecidos. Rev. Bras. Frutic. [online]. 2003, vol.25, n.3, pp.532-534. ISSN 0100-2945.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-29452003000300043.

A morfologia interna e a viabilidade de sementes de acerola (Malpighia emarginata DC.) foram estudadas utilizando-se o tetrazólio (cloreto de 2, 3, 5 trifenil tetrazólio). Dos clones testados, o Flórida Sweet foi o que apresentou a menor percentagem de sementes com embriões normais (10%) como também em reação às sementes sem embriões (8%) e o maior percentagem de sementes com embriões deformados (81%). O clone 07-OS apresentou maior percentagem de sementes com embriões normais (51%) e um número considerado elevado de sementes sem embriões (34%). Os demais clones apresentaram valores intermediários. Para todos os clones avaliados, as sementes com embriões normais apresentaram 100% de embriões viáveis. Essas sementes submetidas ao teste de tetrazólio por um período de 12 horas, apresentaram-se com uma coloração vermelha intensa, considerada ideal para a avaliação positiva da viabilidade das sementes. Estes resultados não podem, entretanto, ser tomados para prognóstico e o cálculo da taxa de germinação e dormência, apenas indicando que as sementes estão vivas.

Keywords : Acerola (Malpighia emarginata DC.); teste tetrazólio; sementes vivas e embriões.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License