SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 número1Influência do estádio de maturação e do armazenamento pós-colheita na germinação e desenvolvimento inicial do maracujazeiro-amareloNíveis de cálcio e boro de gemas florais de pereira (Pyrus sp.) no sul do Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Fruticultura

versão impressa ISSN 0100-2945versão On-line ISSN 1806-9967

Resumo

BARROS, Daniella Inácio et al. Métodos de extração de sementes de mangaba visando à qualidade fisiológica. Rev. Bras. Frutic. [online]. 2006, vol.28, n.1, pp.25-27. ISSN 0100-2945.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-29452006000100010.

A mangaba (Hancornia speciosa Gomes) tem a via sexuada como principal forma de propagação. São escassas as pesquisas referentes à extração de suas sementes; entretanto, a viabilidade e o vigor dependem diretamente do método empregado. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a qualidade fisiológica de sementes de mangaba extraídas sobre três métodos, sendo um manual (peneira) e outros dois mecânicos (despolpadeira e batedeira). Em seguida, as sementes foram submetidas aos testes de umidade, germinação, condutividade elétrica, primeira contagem, emergência de plântulas em areia e massa seca de plântulas. A extração manual proporcionou sementes com maior qualidade fisiológica, e entre os métodos mecânicos, a batedeira resultou em sementes mais viáveis e vigorosas, enquanto a despolpadeira provocou danos agudos.

Palavras-chave : Hancornia speciosa; semente; viabilidade; vigor.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons