SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 número1Preharvest study of some physical and physiological properties of pear cv. Triunfo de VienaTratamentos pós-colheita com 1-metilciclopropeno em manga 'Tommy Atkins': efeito de doses e número de aplicações índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Fruticultura

versão impressa ISSN 0100-2945versão On-line ISSN 1806-9967

Resumo

PIVA, Cesar Rosso; LOPEZ GARCIA, José Luiz  e  MORGAN, Wyn. Nivel de aceitabilidade para cinco variedades de uva de mesa no mercado espanhol. Rev. Bras. Frutic. [online]. 2006, vol.28, n.1, pp.60-63. ISSN 0100-2945.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-29452006000100018.

Com o objetivo de avaliar o nível de aceitabilidade de distintas variedades de uva de mesa, a Unidade de Comercialização e Divulgação Agrária do Departamento de Economia y Ciências Sociales Agrárias (E.T.S.I. Agrónomos), da Universidade Politécnica de Madri, realizou o presente estudo em julho de 1999. Empregou-se a análise sensorial para a avaliação do nível de aceitabilidade de cinco variedades de uva de mesa. Procurou-se determinar especial atenção em conhecer as possíveis diferenças de caráter sensorial entre as variedades Flame Seedless, Cardinal, Superior Seedless, Victoria e Redgloble. Nos pomares espanhóis, essas variedades atingem a maturação de colheita na mesma época. Nas análises realizadas, as variedades Cardinal e Superior Seedless foram as mais preferidas em comparação com Flame Seedless, Victoria e Redgloble. A variedade Superior Seedless foi valorizada pela ausência de sementes, além de seu sabor agradável, o que a torna de grande potencial para o mercado espanhol. O sabor, seguido pela suculência, foi o elemento determinante no processo de aceitação da uva.

Palavras-chave : Vitis sp.; uva de mesa; análise sensorial; apirenas.

        · resumo em Espanhol     · texto em Espanhol     · Espanhol ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons