SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 número1Indução da brotação da macieira 'Eva' em região de baixa incidência de frioPhytophthora palmivora, agente da podridão de raiz e frutos de mamoeiro no Estado de Alagoas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Fruticultura

versão impressa ISSN 0100-2945versão On-line ISSN 1806-9967

Resumo

SILVA, Katiane Santiago et al. Patogenicidade causada pelo fungo Colletotrichum gloeosporioides (Penz) em diferentes espécies frutíferas. Rev. Bras. Frutic. [online]. 2006, vol.28, n.1, pp.131-133. ISSN 0100-2945.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-29452006000100036.

O presente trabalho teve como objetivo avaliar a patogenicidade de Colletotrichum gloeosporioides em frutos de manga, mamão, goiaba e maracujá. A inoculação do C. gloeosporioides foi feita de forma direta, fazendo um furo no fruto e colocando, em seguida, um disco de meio de cultura contendo o micélio do fungo das diferentes espécies. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado, com 25 tratamentos, 3 repetições, sendo as avaliações realizadas por esquema fatorial de 5 x 5. Os resultados obtidos demonstram que todos os isolados apresentam patogenicidade em todas as espécies frutíferas consideradas. A goiaba é o hospedeiro que apresenta menor suscetibilidade aos diversos isolados de C. gloeosporioides. As mangas Tommy Atkins e Rosa e o mamão apresentam o maior crescimento das lesões, portanto maior suscetibilidade.

Palavras-chave : antracnose; manga; goiaba; maracujá; mamão.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons