SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 número1Nitrogênio e potássio via fertirrigação e adubação convencional-estado nutricional das bananeiras e produção de frutosEmbalagens plásticas e refrigeração na conservação pós-colheita de jabuticaba índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Fruticultura

versão impressa ISSN 0100-2945versão On-line ISSN 1806-9967

Resumo

COELHO, Ruimário Inácio et al. Resposta à adubação com uréia, cloreto de potássio e ácido bórico em mudas abacaxizeiro'Smooth Cayenne'. Rev. Bras. Frutic. [online]. 2007, vol.29, n.1, pp.161-165. ISSN 0100-2945.  https://doi.org/10.1590/S0100-29452007000100033.

Mudas do abacaxizeiro (Ananas comosus L.), cultivar Smooth Cayenne, obtidas por seccionamento de caule, foram submetidas à adubação foliar com soluções em diferentes concentrações de uréia, KCl e H3BO3. O delineamento utilizado foi fatorial fracionado do tipo (1/5)53, com três tipos de adubo e cinco concentrações, num total de 25 tratamentos, que consistiram de combinações de concentrações de 0; 2,5; 5,0; 7,5 e 10 g L-1 de uréia e KCl, e 0; 0,5; 1,0; 1,5 e 2,0 g L-1 de H3BO3. Os tratamentos foram iniciados nove semanas após o plantio das seções do caule, com 26 pulverizações semanais para a uréia e KCl e 4 pulverizações mensais para o H3BO3. Verificou-se crescimento linear positivo para as características: altura das brotações, número de folhas, área foliar, massa seca e fresca das mudas, em resposta a níveis crescentes de uréia. Não foi observado efeito do KCl e H3BO3 para nenhuma das características de crescimento avaliadas. As mudas adubadas com 10 g L-1 de uréia atingiram altura de 40 cm e massa fresca de 242 g no 9º mês após o plantio das seções.

Palavras-chave : Ananas comosus; adubação foliar; propagação.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons