SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 número1Influência da fonte material e do tempo de cura na propagação vegetativa da pitaya vermelha (Hylocereus undatus Haw)Perfil radicular da figueira sob efeito de níveis de adubação orgânica índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Fruticultura

versão impressa ISSN 0100-2945versão On-line ISSN 1806-9967

Resumo

SILVA, Breno Marques da Silva e; MORO, Fabiola Vitti; SADER, Rubens  e  KOBORI, Nilce Naomi. Influência da posição e da profundidade de semeadura na emergência de plântulas de açaí (Euterpe oleracea Mart. - Arecaceae). Rev. Bras. Frutic. [online]. 2007, vol.29, n.1, pp.187-190. ISSN 0100-2945.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-29452007000100040.

O objetivo deste trabalho foi determinar a posição e a profundidade de semeadura mais adequadas para a emergência de plântulas de açaizeiro. As sementes foram colocadas para germinar nas profundidades de 0; 3 e 6 cm e nas seguintes posições: sementes com a rafe perpendicular à superfície do substrato e poro germinativo para cima, rafe perpendicular e poro germinativo para baixo, rafe paralela à superfície e poro germinativo para baixo e rafe paralela à superfície e poro germinativo para cima. A emergência de plântulas de açaizeiro com a rafe perpendicular à superfície do substrato e poro germinativo para cima é a mais adequada, pois proporciona igual porcentagem e menor tempo médio de emergência. Profundidades iguais ou superiores a 3 cm são inadequadas para semeadura de Euterpe oleracea Mart.

Palavras-chave : açaí; palmeira; plântula; semeadura.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons