SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 issue2Estimate of great and economic levels of irrigation in papaya tree (Carica papaya L.) Golden cultivar in north of Espírito Santo conditionsGrowth of lulo (Solanum quitoense Lam.) plants affected by salinity and substrate author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Fruticultura

Print version ISSN 0100-2945

Abstract

CALVETE, Eunice Oliveira et al. Fenologia, produção e teor de antocianinas de cultivares de morangueiro em ambiente protegido. Rev. Bras. Frutic. [online]. 2008, vol.30, n.2, pp. 396-401. ISSN 0100-2945.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-29452008000200022.

A diversidade de cultivares de morangueiro exige estudos quanto à adaptação no local de cultivo. Por sua vez, a maior exigência do consumidor por produtos mais saudáveis requer informações a respeito das características nutracêuticas dos produtos. Este trabalho objetivou determinar as cultivares com maior adaptação ao cultivo protegido na região do Planalto Médio do Rio Grande do Sul, os teores de antocianinas, bem como a época de plantio que proporcionam maior produtividade. O experimento foi conduzido em um ambiente protegido de 280 m2, coberto com filme de polietileno de baixa densidade (PEBD), de 150 µm, com aditivo anti UV. O delineamento foi em blocos ao acaso, com três repetições, e os tratamentos em parcelas subdivididas, sendo as épocas de plantio das mudas (28 de abril e 13 de maio) as parcelas principais, e as cultivares (Dover, Tudla, Comander, Oso Grande, Campinas, Chandler, Serrano e Camarosa), as subparcelas. Foram avaliadas características fenológicas e componentes do rendimento. Os teores de antocianinas foram determinados por espectrofotometria, com comprimento de onda de 528 nm. Não houve interação entre cultivares e épocas de plantio sobre as características avaliadas. A maior produtividade foi do morangueiro cultivado precocemente, em abril. As cultivares Camarosa, Dover, Oso Grande e Tudla são as mais indicadas, pelo maior rendimento e escalonamento da produção, e a cultivar Serrano, pelo maior teor de antocianinas.

Keywords : Fragaria x ananassa Duch.; época de plantio; valor nutracêutico.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese