SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 issue3Genetic diversity of native pitaya native from brazilian savannas with basis on RAPD markersVegetative describers selection for accesses characterization of Syagrus oleracea palm author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Fruticultura

Print version ISSN 0100-2945

Abstract

SCHUCK, Mariane Ruzza et al. Identificação molecular da uva 'Goethe' de Urussanga - SC por marcadores microssatélites. Rev. Bras. Frutic. [online]. 2010, vol.32, n.3, pp. 825-831.  Epub Sep 24, 2010. ISSN 0100-2945.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-29452010005000093.

A variedade Goethe é símbolo da vitivinicultura da região de Urussanga, sul do Estado de Santa Catarina, a qual, atualmente, busca a Indicação Geográfica da Uva e do Vinho Goethe. Para isto, um dos requisitos necessários é a identificação precisa do material genético. Os marcadores microssatélites constituem a ferramenta molecular mais utilizada para a identificação varietal de videira em todo o mundo e têm a capacidade de produzir um perfil genético único para cada material vitícola. O objetivo deste trabalho foi caracterizar duas seleções de uva 'Goethe', presentes no município de Urussanga, por meio de marcadores moleculares microssatélites, visando a atender aos requisitos de denominação de origem e indicação de procedência controlada. A extração do DNA genômico foi realizada a partir de folhas jovens e ramos de nove acessos de cada seleção de 'Goethe Classica' e 'Goethe Primo' provenientes de uma coleção pública e de oito coleções privadas da região de Urussanga. Dez loci microssatélites VVS2, VVMD5, VVMD7, VVMD27, VrZAG62, VrZAG79, VVMD25, VVMD28, VVMD31 e VVMD32 foram genotipados através de eletroforese capilar. As análises realizadas mostraram que as duas variantes da uva 'Goethe' apresentaram um perfil molecular idêntico e único, isto é, representam a mesma variedade e sem nenhuma correspondência com variedades descritas anteriormente na literatura e nos bancos de dados consultados. As diferenças fenotípicas observadas provavelmente são devidas a mutações somáticas em regiões funcionais do genoma, fenômeno que dá origem aos clones em videira.

Keywords : Vitis; identificação varietal; marcadores microssatélites; variabilidade intravarietal.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese