SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 issue3'Valencia' sweet orange nursery trees on two rootstocks under different fertilizer managementsControlled-release fertilizer in papaya seedlings production author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Fruticultura

Print version ISSN 0100-2945

Abstract

LEMOS, Eurico Eduardo Pinto de et al. Produção de porta-enxertos em tubetes e enxertia precoce da pinheira (Annona squamosa L.). Rev. Bras. Frutic. [online]. 2010, vol.32, n.3, pp.865-873.  Epub Sep 24, 2010. ISSN 0100-2945.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-29452010005000095.

O objetivo deste trabalho foi estabelecer um protocolo para a enxertia precoce de pinheira em porta-enxertos produzidos em tubetes como substituto do tradicional sistema de enxertia que utiliza porta-enxertos de 12 meses produzidos em sacolas plásticas. O trabalho foi conduzido com três métodos de enxertia (borbulhia em escudo, garfagem de topo em fenda cheia e garfagem lateral em fenda cheia) e quatro idades dos porta-enxertos (3; 5; 7 e 9 meses). Os porta-enxertos foram avaliados durante nove meses com relação às variáveis: comprimento da planta, diâmetro do caule, número de folhas e área foliar. Cada procedimento de enxertia foi avaliado por 30 dias através da percentagem de pegamento. Os porta-enxertos produzidos nos tubetes maiores apresentaram-se mais desenvolvidos para todas as variáveis, todavia a percentagem de pegamento dos enxertos foi mais influenciada pelo método de enxertia do que pelo tamanho de tubete. A garfagem de topo em fenda cheia mostrou-se como o melhor método para a enxertia precoce, pois já aos três meses de idade dos porta-enxertos apresentou taxa de pegamento de 96,69%. O método de garfagem lateral em fenda cheia apresentou taxas semelhantes a partir dos cinco meses de idade dos porta-enxertos. O método de borbulhia apresentou baixo pegamento inicial (<50%), mas a cada nova data de enxertia o pegamento foi aumentando e atingiu valores superiores a 80% aos sete meses de idade.

Keywords : ata; pinha; fruta-do-conde; propagação.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License