SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 issue3Volatile constituents of pajeuzeiro fruit (Triplaris sp.)Red raspberry rust in Santa Catarina state author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Fruticultura

Print version ISSN 0100-2945

Abstract

ABORISADE, Abiola Titilola  and  AJIBADE, Ayodeji Adeyeye. Efeito da cura antes do armazenameto no prazo de conservação, qualidades internas e externas da laranja doce (Citrus sinensis). Rev. Bras. Frutic. [online]. 2010, vol.32, n.3, pp. 910-915. ISSN 0100-2945.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-29452010000300034.

Frutos de laranjas de duas safras, de Abril e de Agosto de 2006 representando colheitas do final de 2005 e começo de 2006 respectivamente foram curados em ar quente a 36-370C até a perda de peso de 1%, 3%, 5% e 7% antes do armazenamento a 280C e 86% de umidade relativa (UR). Os frutos foram observados quanto à incidência de apodrecimento, mais tarde perda de peso, conteúdo de suco, firmeza ou amolecimento da casca, sólidos solúveis totais (TSS), pH, acidez titúlavel, e coloração durante o armazenamento. A cura diminuiu a incidência do apodrecimento. Todos os frutos controles da colheita de Agosto estavam podres pelo dia 21 enquanto que 22.5% dos frutos controle da colheita de Abril estavam podres pelo dia 56. O prazo de conservação foi estendido para mais de 56 dias em frutos curados com 1, 3, 5 e 7 % na colheita de Abril, não havendo apodrecimento até então, enquanto a incidência de apodrecimento na colheita de Agosto foi de 88.9, 61.1, 22.2 e 31.3% em 1, 3, 5 e 7% respectivamente. Penicillium digitatum, Phytophthora sp., Alternaria citri e Collectotrichum gloeosporioides foram detectados entre os fungos causadores de apodrecimento. Os frutos controle perderam mais peso durante o armazenamento do que os frutos curados. O endurecimento da casca do fruto foi mais notado no controle e naqueles curados com perda de peso de 1%, especialmente os da colheita de Abril. Foi insignificante nos demais tratamentos em ambos os ensaios. A acidez titúlavel, o pH, o conteúdo de suco e o TSS não foram afetados pelo tratamento.A mudança de cor para o amarelo foi contudo retardada pela cura. A cura com a perda de peso a 5% foi a melhor para o controle do apodrecimento e retenção da qualidade do fruto.

Keywords : Cura; perda de peso; tratamento para qualidade de armazenamento; frutos.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English