SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 número2Uso de antibióticos para o controle de bactérias endógenas visando à micropropagação da figueiraLongevidade de sementes de camu-camu submetidas a diferentes ambientes e formas de conservação índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Fruticultura

versão impressa ISSN 0100-2945

Resumo

SINIMBU NETO, Francisco De Assis; MARTINS, Antonio Baldo Geraldo  e  BARBOSA, José Carlos. Viabilidade "in vitro" de grãos de pólen de bacurizeiro - Clusiaceae. Rev. Bras. Frutic. [online]. 2011, vol.33, n.2, pp.593-600.  Epub 03-Jun-2011. ISSN 0100-2945.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-29452011005000062.

O bacurizeiro (Platonia insignis Mart.) é uma frutífera nativa da Amazônia, que apresenta alogamia acentuada e autoincompatibilidade esporofítica. A viabilidade in vitro tem sido utilizada para representar a capacidade potencial do pólen em completar o processo de fertilização O objetivo do presente trabalho foi estudar a viabilidade de polens de bacurizeiro por meio da germinação in vitro , por ser esta uma técnica em que o comportamento germinativo é semelhante in vivo . Os ensaios foram conduzidos em laboratório, em um delineamento inteiramente casualizado, analisados em esquema fatorial 2 x 3 x 4, em que: 2=formas de propagação (pé-franco e enxertada); 3=estágios da antese (pré-antese, antese e pós-antese), e 4=concentrações de sacarose (0; 7,5; 10 e 20%), com 10 repetições. Houve diferença significativa na germinação do pólen, sendo que, via polinização manual, o pólen deve ser coletado na antese, enquanto o melhor meio para a germinação in vitro é com 7,5 g de sacarose.

Palavras-chave : Platonia insignis; meio de cultura; germinação.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons