SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 issue1Post-harvest conservation of guavira (Campomanesia sp.)Anthracnose severity and quality of yellow passion fruits treated with natural products in post-harvest author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Fruticultura

Print version ISSN 0100-2945

Abstract

SILVA, Rosana Sousa da et al. Qualidade de uva 'Isabel' tratada com cloreto de cálcio em pós-colheita e armazenada sob atmosfera modificada. Rev. Bras. Frutic. [online]. 2012, vol.34, n.1, pp. 50-56. ISSN 0100-2945.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-29452012000100009.

Uvas 'Isabel' foram tratadas após a colheita com cloreto de cálcio (CaCl2) e submetidas a atmosfera modificada para avaliação da manutenção de sua qualidade durante o armazenamento, a 12±1 ºC e 85±2% de UR. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 5 x 2 x 5, com 3 repetições, sendo cinco doses de CaCl2 (0,0; 0,5; 1,0; 2,0 e 4,0%), dois tipos de atmosfera [ambiente e modificada (AM)] e cinco períodos, durante o armazenamento refrigerado. As avaliações foram acidez titulável (AT), sólidos solúveis (SS), relação SS/AT, pH, ácido ascórbico, incidência de podridão, perda de massa, aparência do engaço e índice de degrana. A AM reduziu a perda de massa, a incidência de podridão e manteve a aparência verde do engaço, ampliando a vida útil de uva 'Isabel' em seis dias. Doses de CaCl2 entre 0,5 e 2,0% reduziram a incidência de podridão. A aplicação de CaCl2 associado à AM reduziu a degrana em uva 'Isabel' durante o armazenamento refrigerado.

Keywords : Vitis labrusca; degrana; aparência do engaço; podridão.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese