SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 número4Estresse salino altera a fluorescência da clorofila em mangueiraParasitismo natural em moscas-das-frutas (Diptera: Tephritidae) no semiárido do sudoeste da Bahia, Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Fruticultura

versão impressa ISSN 0100-2945

Resumo

MOLIN, José Paulo; COLACO, André Freitas; CARLOS, Eduardo Fermino  e  MATTOS JUNIOR, Dirceu de. Mapeamento da produtividade, fertilidade do solo e falhas de plantas em pomar de laranjeiras. Rev. Bras. Frutic. [online]. 2012, vol.34, n.4, pp.1256-1265. ISSN 0100-2945.  https://doi.org/10.1590/S0100-29452012000400035.

A atual competitividade existente no setor citrícola demanda dos produtores novas estratégias de manejo para aumento de eficiência e sustentabilidade. Nesse sentido, a agricultura de precisão (AP) tem desenvolvido técnicas baseadas no mapeamento de produtividade e sistemas de manejos que reconheçam a variabilidade espacial existente no campo, o que contribui para aumentar a lucratividade de pomares comerciais. Como a variabilidade espacial normalmente não é visualizada, os pomares ainda são manejados como uniformes, e a adoção das tecnologias de AP nas fazendas citrícolas é baixa. Dessa forma, o objetivo do trabalho foi carcaterizar a variabilidade espacial de três fatores: produtividade de frutos, fertilidade do solo e ocorrência de falhas de plantas causadas pelo declínio dos citros e pelo (HLB), em um talhão comercial de citros em Brotas-SP. Dados de volume, coordenadas geográficas e área de representação dos sacolões utilizados na colheita foram registrados para gerar pontos de produtividade, que foram interpolados para produzir o mapa de produtividade. As características químicas do solo foram estudadas por meio de análises de amostras coletadas ao longo das linhas de plantio e no centro das entrelinhas em 24 pontos distribuídos no talhão. Um mapa de densidade de falhas de plantas foi realizado por meio do georreferenciamento das falhas e da posterior contagem do número de falhas em células de 500 m². Os dados foram submetidos a análises estatísticas e geoestatísticas. Utilizou-se o teste t para comparação de médias das características químicas do solo entre as regiões de amostragem. A partir dos mapas realizados, observou-se grande variação de produtividade e de densidade de falhas. Eles também mostraram manchas sobrepostas de alta densidade de falhas de plantas e baixa produtividade de frutos. A fertilidade do solo nas regiões amostradas mostrou-se significativamente diferente. A variabilidade espacial encontrada na produtividade, na fertilidade do solo e na ocorrência de doenças demonstrou a importância do manejo localizado nutricional e fitossanitário como ferramentas para garantir eficiência na produção de frutas.

Palavras-chave : Agricultura de precisão; variabilidade espacial; declínio; huanglongbing (HLB).

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons