SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 número2Determinação do potencial antioxidante in vitro de frutos do Cerrado brasileiroTeor de clorofila e índice SPAD no abacaxizeiro cv. vitória em função da adubação nitrogenada índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Fruticultura

versão impressa ISSN 0100-2945

Resumo

BARON, Daniel et al. Trocas gasosas, índices fisiológicos e acúmulo iônico em plantas jovens de Annona emarginata (Schltdl.) H. Rainer em solução nutritiva. Rev. Bras. Frutic. [online]. 2013, vol.35, n.2, pp.361-376. ISSN 0100-2945.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-29452013000200005.

"Araticum-de-terra-fria" (Annona emarginata (Schltdl.) H. Rainer) tem sido considerada uma boa alternativa na produção de porta-enxertos para as principais espécies comerciais da família botânica Annonaceae, tais como atemoia, fruta-do-conde (ou pinha) e cherimólia. Embora esta espécie se desenvolva em diferentes tipos de solos e condições climáticas, não está elucidado como ela responde fisiologicamente sob diferentes disponibilidades nutricionais. Desta maneira, o objetivo deste estudo foi avaliar como diferentes forças iônicas interferem no desenvolvimento de plantas jovens desta espécie, também conhecida como "Araticum-de-terra-fria". Avaliaram-se, em plantas jovens de "araticum-de-terra-fria", cultivadas em diferentes forças iônicas (25% FI, 50% FI, 75% FI e 100% FI) da solução nutritiva completa n° 2 de Hoagland e Arnon (1950), por 140 dias, as seguintes características: Trocas Gasosas (assimilação de carbono, condutância estomática, concentração de carbono interno, transpiração, eficiência do uso da água e eficiência de carboxilação da enzima Rubisco); Crescimento Vegetativo (diâmetro de caule, número de folhas, altura e massa de matéria seca); Índices Fisiológicos (razão de área foliar, área foliar específica, taxa de crescimento relativo, taxa de assimilação líquida de carbono, razão de massa foliar e Acúmulo Iônico (análise foliar). As plantas cultivadas em 50% de força iônica foram aquelas com os maiores valores de assimilação de carbono, eficiência do uso da água, eficiência da enzima Rubisco, taxa de crescimento relativo, taxa de assimilação líquida de carbono e acúmulo iônico das folhas. Conclui-se que plantas jovens de "araticum-de-terra-fria", mantidas em concentrações intermediárias de nutrientes da solução nutritiva completa nº 2 Hoagland and Arnon (1950), exploraram seu potencial fisiológico, o que justifica sua adaptação em diferentes condições nutricionais e permite reduzir a quantidade de elementos minerais na produção de mudas.

Palavras-chave : Annonaceae; Araticum-de-terra-fria; produção de mudas; porta-enxerto.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons