SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.36 número2Influência da composição da matriz de encapsulamento de microbrotos de banana (Musa sp.) cv. Prata-Anã clone GorutubaInfluência de formas de aplicação de boro na qualidade e no rendimento de maçãs (Malus domestica) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Fruticultura

versão impressa ISSN 0100-2945

Resumo

DORNELLES, Paulo; SILVA, Fabiano Guimarães; MOTA, Clenilso Sehnen  e  SANTANA, João das Graças. Produção e qualidade de mudas de Anacardium othonianum Rizz. em diferentes substratos. Rev. Bras. Frutic. [online]. 2014, vol.36, n.2, pp.479-486. ISSN 0100-2945.  http://dx.doi.org/10.1590/0100-2945-144/13.

Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito de diferentes tipos de substratos no crescimento e na nutrição, e a qualidade de mudas de caju-de-árvore-do-cerrado. O experimento ocorreu em casa de vegetação. Os substratos utilizados foram: 1- Bioplant®; 2- Mecplant® (MP) + casca de arroz carbonizada (CAC) (7:3); 3- vermiculita de granulometria fina (VGF); 4- VGF+CAC (3:1); 5- VGF+CAC (1:1); 6- VGF+CAC (1:3) e 7- Bagaço de cana-de-açúcar (BC) + torta de filtro de usina de cana-de-açúcar (TF) (3:2). A contagem das plântulas emergidas foi realizada em intervalos de dois dias após a emergência da primeira plântula. Aos 39; 64 e 89 dias após a semeadura (DAS), avaliaram-se o comprimento do caule (CC), o diâmetro do coleto (DC) e o número de folhas (NF). O acúmulo de massas secas, índices de qualidade e concentração foliar de macro e micronutrientes foram avaliados aos 89 DAS. Plantas desenvolvidas nos substratos VGF e VGF+CAC (1:3) apresentaram os menores CC em relação aos demais. O incremento no crescimento foi menor entre os 64 e 89 DAS, em relação ao primeiro intervalo. A maior concentração foliar de N foi observada no substrato BC+TF, de P e K em MP+CAC (7:3), BC+TF e Bioplant® e Ca no BC+TF e MP+CAC (7:3). Já para os micronutrientes B e Mn, o substrato MP+CAC (7:3) apresentou as maiores concentrações foliares, juntamente com o Bioplant® para o elemento B. As concentrações de Mg, S, Cu, Zn e Fe não apresentaram diferenças. A característica a diferir as mudas cultivadas nos substratos foi a concentração foliar dos nutrientes, tendo destaque o BC+TF seguido pelo MP+CAC e Bioplant®.

Palavras-chave : Caju-de-árvore-do-cerrado; qualidade de mudas; nutrição de mudas; substratos.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons