SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.36 número especial 1Enraizamento de estacas de pinheira (Annona squamosa L.) com ácido indolbutírico índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Fruticultura

versão impressa ISSN 0100-2945

Resumo

FRAUSIN, Gina et al. Plantas da familia Annonaceae tradicionalmente usadas como antimaláricos: uma revisão. Rev. Bras. Frutic. [online]. 2014, vol.36, n.spe1, pp.315-337. ISSN 0100-2945.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-29452014000500038.

Espécies da família Annonaceae têm amplo uso na medicina tradicional em regiões tropicais para o tratamento da malária e de sintomas como febres, dentre outras doenças. Estudos fitoquímicos desta família têm revelado componentes químicos que podem oferecer novas alternativas para o tratamento e controle da malária. Buscas em sites de referencia cientifica (SciFinder Scholar, Scielo, PubMed, ScienceDirect e ISI Web of Science) e uma pesquisa bibliográfica na literatura por espécies da família Annonaceae utilizadas tradicionalmente para tratar a malária e febre foram realizadas. Esta família contém 2.100 espécies em 123 gêneros. Encontramos 113 registros que relatam o uso de 63 espécies de 27 gêneros utilizadas como antimaláricos e febrifugas. Mesmo que as mesmas espécies de Annonaceae sejam utilizadas por diversos grupos étnicos, frequentemente diferentes partes da planta são escolhidas para o uso e diversos métodos de preparação e de tratamento são utilizados. Os extratos etanólicos de Polyalthia debilis e Xylopia aromatica são comprovadamente bastante ativos contra Plasmodium falciparum in vitro (concentração de inibição média, IC50 < 1,5 µg/mL). Injeção intraperitoneal de extratos aquosos de Annickia chlorantha (espécie citada Enantia chlorantha) eliminou Plasmodium yoelii nigeriensis cloroquino-resistente do sangue de camundongos de maneira dose-dependente. Mais perfis fitoquímicos de espécies de Annonaceae são necessários, especialmente informações sobre as substâncias antimaláricas mais comumente distribuídos nesta família.

Palavras-chave : Malária; Plasmodium falciparum; Plasmodium yoelii nigeriensis.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons