SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 número1DIAGNOSE NUTRICIONAL EM COQUEIRO HÍBRIDO CULTIVADO NA REGIÃO NORTE DO BRASIL DO ESTADO DO PARÁ POR MEIO DO SISTEMA INTEGRADO DE DIAGNOSE E RECOMENDAÇÃO índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Fruticultura

versão impressa ISSN 0100-2945versão On-line ISSN 1806-9967

Resumo

BASSO, MARCOS FERNANDO; FAJARDO, THOR VINÍCIUS MARTINS  e  SALDARELLI, PASQUALE. VIROSES EM VIDEIRAS:IMPACTO ECONÔMICO E RECENTES AVANÇOS NA PROSPECÇÃO DE VÍRUS E MANEJO DAS DOENÇAS DE ORIGEM VIRAL. Rev. Bras. Frutic. [online]. 2017, vol.39, n.1, e-411.  Epub 27-Abr-2017. ISSN 0100-2945.  http://dx.doi.org/10.1590/0100-29452017411.

A videira (Vitis spp.) é propagada vegetativamente e considerada uma das principais culturas frutíferas por sua importância socioeconômica mundial. Ela é suscetível a vários agentes transmitidos por meio da enxertia, os quais causam diversas doenças e significativas perdas na produtividade e produção, redução na qualidade dos frutos, no vigor da planta e na longevidade dos vinhedos. A propagação vegetativa e o frequente intercâmbio de material propagativo entre países contribuem para a disseminação destes patógenos, favorecendo a emergência de doenças complexas. Seu ciclo de vida perene acelera ainda mais a mistura e a introdução de vários agentes virais em uma mesma planta. Atualmente, aproximadamente 65 vírus pertencentes a diferentes famílias foram reportados infectando videiras, embora nem todos causem doenças economicamente relevantes. As viroses do enrolamento da folha, complexo do lenho rugoso, degenerescência e mancha-das-nervuras da videira são as quatro principais desordens que têm importância econômica mundial. Além disso, novas espécies e estirpes virais foram identificadas e associadas a limitações economicamente importantes para a produção de uvas. Em vinhedos brasileiros, dezoito espécies virais, três viroides e duas doenças semelhantes a viroses já tiveram sua ocorrência reportada e foram molecularmente caracterizados. Aqui, nós revisamos o conhecimento atual dessas viroses, os recentes avanços na diagnose e prospecção viral, e fornecemos recomentações sobre o manejo das viroses da videira.

Palavras-chave : Propagação vegetativa; vírus de plantas; redução da produtividade e produção; qualidade das bagas; sequenciamento de nova geração.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf epdf )