SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 número2METAIS PESADOS EM SOLOS DE VINHEDOS E POMARES índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Fruticultura

versão impressa ISSN 0100-2945versão On-line ISSN 1806-9967

Resumo

SANTOS, CARLOS LACY et al. RELAÇÃO ENTRE PRODUTIVIDADE E QUALIDADE DE FRUTOS DE PROGÊNIES C03 DE MARACUJÁ-AZEDO SOB DIFERENTES NÍVEIS NUTRICIONAIS. Rev. Bras. Frutic. [online]. 2017, vol.39, n.2, e-691.  Epub 03-Jul-2017. ISSN 0100-2945.  http://dx.doi.org/10.1590/0100-29452017691.

O presente trabalho foi desenvolvido com a finalidade de avaliar diferentes manejos de adubação em dez progênies de maracujazeiro-azedo do terceiro ciclo de seleção recorrente e seus efeitos sobre variáveis de produção e qualidade de frutos. Para isso lançou-se mão da estratégia da análise de correlações via correlações fenotípicas e de trilha, em diferentes condições de ambiente caracterizados por três níveis de adubação. O ensaio foi montado em delineamento de blocos ao acaso num esquema de parcelas subdivididas com as progênies nas parcelas e os três níveis de adubação potássica e nitrogenada nas subparcelas, com três repetições. Observou-se através da análise de trilha que a variável número de frutos foi a que apresentou a correlação de maior magnitude com o diâmetro do fruto na adubação I, entretanto o peso do fruto e o peso da polpa correlacionaram-se entre si e com outras variáveis como o comprimento e diâmetro dos frutos nos três níveis de adubação, exceto o número de frutos que correlacionou com a variável nitrogênio e potássio apenas na adubação II. A análise de trilha, também mostrou que a variável diâmetro do fruto (3,125) apresentou maior efeito direto sobre a produtividade na adubação I. Entretanto o peso de frutos e o número de frutos apresentaram na adubação II os maiores efeitos diretos de 2,964 e 1,134 sobre a produtividade, respectivamente, e o número de frutos apresentou alta correlação fenotípica e efeito direto com a produtividade nos três níveis de adubação, de (0,528) na adubação I, de (2,206) na adubação II e de (0,928) na adubação III, evidenciando o maior efeito direto com a adubação II, indicando que no nível da adubação II pode proporcionar ganhos satisfatórios na variável produtividade, sendo recomendada para a população em questão.

Palavras-chave : Fruticultura; nitrogênio; potássio; Passiflora edulis Sims; análise de trilha.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )