SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 número4DESEMPENHO PRODUTIVO DE MORANGUEIRO EM AMBIENTE CULTIVADO COM A FIGUEIRACUSTO DE PRODUÇÃO E RENTABILIDADE DA UVA ‘NIÁGARA ROSADA’ CULTIVADA EM DIFERENTES REGIÕES DO ESTADO DE SÃO PAULO índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Fruticultura

versão impressa ISSN 0100-2945versão On-line ISSN 1806-9967

Resumo

SILVA, LARISSA DE PAULA VIANA DA et al. CARACTERIZAÇÃO DE ÁRVORES E FRUTOS DE MANGABEIRA NA ZONA DE TRANSIÇÃO CERRADO-RESTINGA. Rev. Bras. Frutic. [online]. 2017, vol.39, n.4, e-746.  Epub 27-Nov-2017. ISSN 0100-2945.  http://dx.doi.org/10.1590/0100-29452017746.

O Brasil é o terceiro maior produtor de frutas do mundo, porém muitas fruteiras nativas continuam subexploradas, como ocorre com a mangabeira (Hancornia speciosa Gomes). Pouco se conhece sobre os aspectos gerais da espécie em seus ambientes de ocorrência natural. Desta forma, objetivou-se caracterizar a morfologia da planta e do fruto de mangabeiras silvestres selecionadas em áreas de ocorrência natural da espécie, em vegetação de transição entre o Cerrado e a Restinga. O experimento foi realizado no município de Morros-Maranhão, nos povoados Patizal, Recanto e Recurso, caracterizados por extensas áreas de vegetação de transição: Cerrado e Restinga, com ocorrência natural de mangabeira. Nos três povoados, selecionaram-se 45 mangabeiras-matrizes, das quais se mensuraram a altura total, altura do fuste, diâmetro do caule, volume de copa, número de ramos principais e secundários, e número de frutos. Coletaram-se 20 frutos por matriz e determinaram-se a massa, comprimento e diâmetro dos frutos, massa da polpa mais casca, rendimento de polpa, número e massa de sementes. Houve elevado grau de variabilidade para todas as variáveis estudadas, exceto para o rendimento de polpa (média = 86,69%, mínimo = 76,75% e máximo = 91,11%; CV = 3,51%). Há correlação positiva significativa de alta magnitude entre as variáveis massa do fruto e massa da polpa mais casca com o número de sementes (r=0,01; ?=0,78 e ?=0,74, respectivamente).

Palavras-chave : Hancornia speciosa Gomes; seleções silvestres; biometria.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf epdf )