SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 número5ASPECTOS BIOLÓGICOS E AÇÃO INSETICIDA DE ESPÉCIES VEGETAIS SOBRE IMATUROS DA MOSCA-NEGRA-DOS-CITROS (Aleurocanthus woglumi Ashby – HEMIPTERA: ALEYRODIDAE) EM LABORATÓRIOTÉCNICA DE AMOSTRAGEM CONVENCIONAL PARA TRIPES EM VIDEIRA índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Fruticultura

versão impressa ISSN 0100-2945versão On-line ISSN 1806-9967

Resumo

DIEZ-RODRIGUEZ, GABRIELA INÉS et al. ENTOMOFAUNA ASSOCIADA A DIFERENTES ESTÁDIOS FENOLÓGICOS DA CULTURA DO MIRTILEIRO. Rev. Bras. Frutic. [online]. 2017, vol.39, n.5, e-384.  Epub 18-Dez-2017. ISSN 0100-2945.  http://dx.doi.org/10.1590/0100-29452017384.

O mirtilo (Vaccinium ashei Reade, Ericaceae) é uma das pequenas frutas com grande potencial de crescimento no Brasil. Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de conhecer a entomofauna associada aos diferentes estádios fenológicos do mirtileiro, com vistas à implementação do manejo integrado de pragas nesta cultura. Foram realizadas coletas de insetos em três pomares da região de Pelotas-RS, de janeiro de 2010 a junho de 2012. Os dados foram analisados com base na composição e abundância dos insetos coletados. Nos três locais foram observados 2.354 insetos, sendo a maioria pertencente às ordens Hymenóptera (72%), Coleoptera (16%), Hemíptera (6%) e Díptera (4%). Foram identificadas 41 famílias, sendo 59% do total de insetos coletados pertencentes à família Apidae, seguida por 11% das famílias Chrysomelidae e Formicidae. Ao todo, 50 espécies de insetos foram identificadas, sendo Trigona spinipes (Fabr.) e Apis mellifera L. as mais abundantes. Do total de espécies encontradas, 78% foram consideradas herbívoras, enquanto o restante 2% esteve representado por insetos benéficos (polinizadores, predadores e parasitoides) pertencentes às ordens Hymenóptera, Coleóptera e Dermáptera. Com base em análises de variância com teste de aleatorização, foi determinado que a entomofauna não diferiu quanto à localização dos pomares e quanto aos estádios do cultivo. Os resultados indicaram que não houve diferenças significativas para a interação dos fatores local de coleta e estádio para os três níveis de classificação (ordem, família e espécie). O conhecimento da entomofauna ,associada ao mirtileiro, aliado à semelhança na sua composição, tanto nos estádios fenológicos como nos pomares avaliados, contribuirão para o desenvolvimento do manejo integrado de pragas e para o estabelecimento do sistema de produção, para esta nova cultura, na região sul do Rio Grande do Sul.

Palavras-chave : Vaccinium ashei; insetos praga; polinizadores.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf epdf )