SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 número especialINFECTION PROCESS OF ANTHRACNOSE BY Colletotrichum truncatum ON PAPAYA MARADOLQUALIDADE DE FRUTOS DE PITAIA SUBMETIDOS AO ENSACAMENTO NO CAMPO índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Fruticultura

versão impressa ISSN 0100-2945versão On-line ISSN 1806-9967

Resumo

MOURA, GISELY CORREA DE; VIZZOTTO, MARCIA; PICOLOTTO, LUCIANO  e  ANTUNES, LUIS EDUARDO CORRÊA. PRODUÇÃO, QUALIDADE FÍSICO-QUÍMICA E COMPOSTOS BIOATIVOS DE FRUTOS DE MIRTILEIRO MISTY SOB DIFERENTES INTENSIDADES DE PODA. Rev. Bras. Frutic. [online]. 2017, vol.39, n.spe, e-158.  Epub 09-Fev-2017. ISSN 0100-2945.  http://dx.doi.org/10.1590/0100-29452017158.

O objetivo do presente trabalho foi avaliar o efeito de intensidades de poda na produção e na qualidade dos frutos de mirtileiro. O material vegetal utilizado foi mirtileiro da cultivar Misty. O fator estudado foi poda, em diferentes intensidades: sem poda; poda leve; poda-testemunha e poda drástica. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, com 4 repetições. Foram avaliadas a produção total de frutos, o tamanho de frutos, as características fisico-químicas como: pH, teor de sólidos solúveis totais (SST) e acidez total titulável (ATT), os compostos bioativos como: compostos fenólicos, antocianinas totais e atividade antioxidante. As plantas que receberam poda drástica apresentaram maiores médias em produção e tamanho de frutos. As maiores concentrações de compostos fitoquímicos no mirtilo ocorreram à medida que a poda foi mais drástica. O uso de diferentes intensidades de poda pode modificar o comportamento produtivo e a qualidade pós-colheita dos frutos.

Palavras-chave : Vaccinium; manejo; qualidade de fruto; funcionais.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf epdf )