SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 número5AVALIAÇÃO DE NITROGÊNIO, FERTILIDADE DE GEMAS E PRODUÇÃO DA VIDEIRA ‘THOMPSON SEEDLESS’ SOBRE DIFERENTES PORTA-ENXERTOSESTRUTURA GENÉTICA DO GERMOPLASMA DE MELHORAMENTO DE PESSEGUEIRO NO BRASIL índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Fruticultura

versão impressa ISSN 0100-2945versão On-line ISSN 1806-9967

Resumo

LEAO, PATRÍCIA COELHO DE SOUZA; SOUZA, EMILLE MAYARA DE CARVALHO; NASCIMENTO, JOSÉ HENRIQUE BERNARDINO  e  REGO, JÉSSICA ISLANE DE SOUZA. BROTAÇÃO E FERTILIDADE DE GEMAS DE NOVAS CULTIVARES DE UVAS DE MESA E SELEÇÕES DE MELHORAMENTO NO VALE DO SÃO FRANCISCO. Rev. Bras. Frutic. [online]. 2017, vol.39, n.5, e-042.  Epub 18-Dez-2017. ISSN 0100-2945.  http://dx.doi.org/10.1590/0100-29452017042.

O conhecimento da fertilidade de gemas é um importante subsídio para a seleção de novas cultivares de uvas de mesa com alto potencial produtivo. O objetivo deste trabalho foi determinar a porcentagem de brotação e índice de fertilidade de gemas de 14 cultivares e seleções de melhoramento de uvas de mesa durante cinco ciclos de produção. O trabalho foi realizado no Campo Experimental de Bebedouro da Embrapa Semiárido, em Petrolina-PE, no período 2013-2015, considerando-se como fontes de variação 14 genótipos de uvas de mesa e 5 ciclos de produção. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, avaliando-se a porcentagem de brotação e o índice médio de fertilidade de gemas. Efeito significativo do genótipo sobre a brotação foi observada apenas no 1º e 2º ciclos de produção, entretanto a fertilidade de gemas apresentou interação significativa entre genótipo e ciclo de produção, sendo os maiores valores médios de fertilidade de gemas obtido no 5º ciclo, no 2º semestre de 2015. As cultivares ‘A Dona’, ‘A1105’, ‘BRS Clara’ e Marroo Seedless’ destacaram-se pela alta fertilidade de gemas (médias de 0,78 a 0,95 cachos.broto-1) em todos os ciclos avaliados, com valores mais elevados nas gemas apicais da vara (8ª e 9ª gemas). Estes resultados evidenciam o potencial produtivo dessas novas cultivares no Vale do São Francisco.

Palavras-chave : Vitis sp.; viticultura tropical; uva sem semente.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )