SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 número especialDESEMPENHO PRODUTIVO DE MACIEIRAS ‘FUJI’ EM PORTA-ENXERTOS DA SÉRIE ‘JM’, EM SÃO JOAQUIM/SCDISCRIMINAÇÃO ISOTÓPICA DE CARBONO EM FOLHAS DE MANGUEIRAS SUBMETIDAS A ESTRESSE SALINO índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Fruticultura

versão impressa ISSN 0100-2945versão On-line ISSN 1806-9967

Resumo

SILVA, JOSEANO GRACILIANO DA et al. TRATAMENTOS PRÉ-GERMINATIVOS EM SEMENTES DE ROMÃ (Punica granatum L.): EFEITO SOBRE A QUALIDADE FISIOLÓGICA. Rev. Bras. Frutic. [online]. 2017, vol.39, n.spe, e-732.  Epub 02-Mar-2017. ISSN 0100-2945.  http://dx.doi.org/10.1590/0100-29452017732.

Objetivou-se avaliar a eficiência de diferentes métodos de remoção da sarcotesta de sementes de romã e seus efeitos sobre a qualidade fisiológica. Foram empregados os seguintes tratamentos: T1 - fricção em areia grossa sobre peneira; T2 e T3 - imersão em ácido sulfúrico (98%) por 30 minutos e lavagem em água corrente, com e sem vernalização, durante 48 horas em geladeira a 4ºC, respectivamente; T4 e T5 - fermentação natural por 72 horas, com sementes submetidas e não submetidas à secagem à sombra, durante sete dias, respectivamente, e T6 - sementes com sarcotesta intacta, como testemunha. Utilizou-se do delineamento inteiramente casualizado, com dados submetidos à análise de variância, e as médias, comparadas pelo teste de Tukey, a 5% de probabilidade. Observou-se superioridade nos valores de germinação e emergência para os tratamentos submetidos à fermentação, associando isto à possível sensibilidade à dessecação da semente e dormência, comprovado pelo teste de envelhecimento acelerado.

Palavras-chave : Romãzeira; Sarcotesta; Dormência; Fisiologia.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf epdf )