SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.40 número1MORTALIDADE DE LAGARTA-ENROLADEIRA-DA-MAÇÃ EXPOSTAS A DIFERENTES SUBESPÉCIES DE Bacillus thuringiensis EM DIETA ARTIFICIAL, EM TRÊS PERÍODOS DE AVALIAÇÃOREAÇÃO DE GENÓTIPOS DE MAMOEIRO A MANCHA-ALVO E ATIVIDADE DE EXTRATOS VEGETAIS E Bacillus spp.SOBRE Corynespora cassiicola índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Fruticultura

versão impressa ISSN 0100-2945versão On-line ISSN 1806-9967

Resumo

SANCHES, Jessica Josefa; FERREIRA, Marcelo da Costa  e  ANDRADE, Daniel Junior de. IMPACTO DA CHUVA SOBRE O ACARICIDA PROPARGITE COM E SEM ADIÇÃO DE ADJUVANTES NO CONTROLE DO ÁCARO Brevipalpus yothersi. Rev. Bras. Frutic. [online]. 2018, vol.40, n.1, e-775.  Epub 08-Fev-2018. ISSN 0100-2945.  http://dx.doi.org/10.1590/0100-29452018775.

Chuvas podem afetar a eficiência dos agrotóxicos devido à redução do depósito de ingrediente ativo sobre as plantas. Esse é um fator que deve ser considerado nas pulverizações com acaricidas, principal estratégia utilizada no manejo da leprose-dos-citros, principal doença viral da citricultura brasileira. A leprose-dos-citros é transmitida por ácaros Brevipalpus, com destaque para Brevipalpus yothersi. O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito de chuva artificial sobre a eficiência do acaricida propargite em mistura ou não com adjuvantes no controle do ácaro B. yothersi. O experimento foi conduzido utilizando plantas de laranja cultivadas em vasos e mantidas em casa de vegetação. O acaricida propargite foi avaliado isolado e com adição dos adjuvantes polidimetilsiloxano (20mL p.c./100L de água) e mistura de fosfatidilcoline (lecitina) e ácido propiônico (500mL p.c./100L de água). Após a aplicação do acaricida com e sem os adjuvantes, as plantas foram submetidas a chuva artificial de 10 mm, em diferentes intervalos de tempo, a 5 minutos, 1 e 2 horas após a aplicação. Em seguida, foram transferidos para as plantas ácaros B. yothersi para avaliação da sobrevivência. A chuva artificial afetou negativamente a eficiência do propargite aplicado isolado e em mistura. A adição do adjuvante fosfatidilcoline e ácido propiônico prejudicou a eficiência do propargite, devido ao maior escorrimento da calda e à redução do depósito de ingrediente ativo sobre as plantas. Conclui-se que o acaricida propargite não deve ser utilizado em associação com os adjuvantes polidimetilsiloxano e mistura de fosfatidilcoline e ácido propiônico em condições de chuva.

Palavras-chave : Leprose-dos-citros; Citrus sinensis; CiLV; Brevipalpus phoenicis; Depósito de calda.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf epdf )